O que eu achei do filme Giovanni Improtta!

-por , em 23/05 -
O que eu achei do filme Giovanni Improtta!

Olá Coxinhos, esse fim de semana eu assisti o novo filme do José Wilker, o Giovanni Improtta, nos cinemas. A seguir, segue a minha opinião a respeito do filme. Eu achei ele divertidinho, com foco especial na parte INHO. É um filme OK, que te distrai e que, se estiver passando na televisão e você não tiver o que fazer, vale a pena assistir. Até vale a pena baixar ou alugar (alguém ainda aluga filmes hoje em dia?), mas definitivamente não vale a pena gastar os 20+ reais em uma entrada de cinema para assisti-lo.

 

No filme, acompanhamos o protagonista Giovanni Improtta. Eu fui informado pela minha acompanhante que Giovanni era o personagem de uma novela que fez tanto sucesso que resolveram fazer um filme. Eu não vi a novela (não sei nem de que novela de trata), então entrei no cinema sem nenhuma opinião a respeito do personagem e sem saber, muito bem, o que esperar.

 

GIOVANNI_PRAIA

 

Giovanni Improtta é um bicheiro, que é cheio da grana e se mete em um monte de encrenca. Ele tem uma esposa com quem ele não é oficialmente casado (interpretada pela Andrea Beltrão) e um filho que mora com ele. Além disso, dois filhos são mencionados, mas eles estão morando no exterior e não aparecem no filme. O bicheiro tem como objetivo entrar em um conselho de bicheiros que vão lucrar com uma tal de “lei dos cassino”, só que as coisas se complicam quando ele é acusado de assassinato e sua esposa tenta cometer suicídio.

 

O roteiro é relativamente bem escrito. Tem uma conspiração das pessoas que querem prejudicar Giovani que foi até bem trabalhada. E o filme faz diversas críticas contundentes como, por exemplo, às prisões brasileiras e às igrejas evangélicas. Porém, quem conhece o personagem da novela, sabe que 95% do humor dele vem do fato de que Giovanni Improtta fala tudo errado. Como jornalista de formação e escritor de coração, esse é um tipo de humor que não me agrada e me deixa extremamente agoniado. Até por que, como mencionei a cima, eles têm um roteiro legal, com momentos de fanfarronices geniais. Eles não precisam assassinar o português para deixar o filme ainda mais engraçado.

 

Tendo dito isso, eu posso até reclamar, mas a cena da “Lei de Smurfs” continua sendo a minha favorita. 😀

 

GIOVANNI_CARRO

 

Além disso, eu preciso elogiar o filme pelo fato dele não ser apelativo como a maioria dos filmes de humor brasileiro. Giovani Improtta não fica falando de sacanagem nem mostrando mulheres semi-nuas para aumentar a audiência. Esse é um hábito comum em diversos filmes nacionais e sempre me agrada quando um filme foge a essa norma.

 

Por ser um filme nacional (e da Globo, never the less), é garantia que, daqui a pouco ele vai estar passando na TV Aberta. Na verdade, esse filme é bem a cara da sessão da tarde. Então, por mais que não valha a pena ir vê-lo nos cinemas, vale completamente a pena esperar sua estreia na televisão. O que não deve demorar muito.

 

Você vai gostar também de:

 

the guild PRINCIPAL Showtime em transe

promo final post

 

Perfil Bruno

Bruno Machado

Se o Giovani ler esse texto, vai dizer que eu estou “defumando” ele.
A favor dos nerds e contra a tirania dos kibes.
Facebook

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você