Flappy Bird, um aplicativo-game que anda enlouquecendo os smart-gamers teve seu estrondoso momento de 15 minutos de fama e depois, tão rápido quanto conseguimos nos manter vivos no jogo, morreu para os já-recém-viciados. O jogo esteve gratuito enquanto foi ao ar e rendeu ao seu criador, cerca de R$ 119 mil reais por dia com os anúncios na tela do aplicativo. Mas tudo o que é bom dura pouco, ou hoje em dia seria o contrário?

Assim como aconteceu com Candy CrushAngry BirdsFlappy Bird surgiu do nada e bateu recordes de downloads nos dispositivos iOS e Android. Como sempre, a dificuldade e simplicidade atraiu os usuários e uma febre se instalou nas redes sociais – quem conseguia ultrapassar a marca ridícula de todos os amigos? 

No sábado, dia 08 de fevereiro de 2014, o criador do game, o vietnamita Dong Nguyen tuitou em seu perfil que retiraria o aplicativo do ar e não especificou motivos, limitando-se a dizer que “não aguenta mais”. <fraquinho> A frase foi a seguinte: “Desculpem usuários do Flappy Bird,  mas daqui a 22 horas vou removê-lo [das lojas de aplicativos], não aguento mais“. Ele também disse que não irá vender o título e que a decisão não foi motivada por questões judiciais.

flappy bird tuite

Ele disse: “Não é nada relacionado com questões legais. Não consigo acompanhar mais.” Isso meio que não foi novidade, já que ele já havia reclamado no dia 04 de fevereiro (terça) que estava sofrendo muita pressão da imprensa e pediu, inclusive, aos veículos de mídia que parassem de procurá-lo. “A imprensa está supervalorizando o sucesso do meu jogo. É algo que eu nunca quis. Por favor, me deixem em paz” – declarou Dong em seu Twitter.

O criador afirmou ainda que gastou apenas algumas noites de programação para criar Flappy Bird e que seu novo projeto é uma tentativa de renovar o gênero de jogos como Jetpack Joyride, outro grande fenômeno de downloads nos smartphones e tablets. Bom, enquanto esta discussão toda em cima do game e sua retirada das apps-stores, me resumo ao direito de deletar o bendito game que é esquisito demais e viciante em um nível louco. Não passei dos 11 pontos e me irritei no mesmo dia que comecei. Aguardemos agora, pacientemente, o novo fenômeno que terá seus 15 minutos de fama também. 😉

ATUALIZAÇÃO DO POST

O desenvolvedor vietnamita Dong Nguyen declarou em entrevista ao site Forbes que criou o game para que ele fosse jogado por alguns minutos, como uma atividade relaxante, mas acabou se tornando “um problema”. “Para resolver esse problema, é melhor tirar o Flappy Bird do ar. Ele se foi para sempre”, disse. O game foi lançado originalmente em maio de 2013, mas só alcançou sucesso recentemente.

Nguyen disse que um dos fatores que o motivou a tirar o jogo do ar foi a culpa por ter criado algo tão viciante. Ele também declarou que a sua vida “deixou de ser confortável como antes” e que ele não estava conseguindo dormir. O criador disse, porém, que não parou com o desenvolvimento de jogos e que agora se sente “livre para fazer o que quiser”.

Vocês ainda podem curtir a obra de arte do vietnamita através dos jogos: Super Ball Juggling e Shuriken Block, ambos para iOS.

Compartilhe: