Exército Americano terá armadura do Iron Man?

-por , em 21/10 -
Exército Americano terá armadura do Iron Man?

Os americanos são mestres na arte da guerra, isso todo mundo sabe. Mas essa semana eles superaram as expectativas novamente, quando as forças armadas especiais do país (USSOCOM) apresentaram mais detalhes do projeto TALOS (Tactical Assault Light Operator Suit), um traje de guerra capaz de transformar o combatente em um “super-soldado”, digamos, quase um iron man.

Esta armadura “revolucionária”, embora não vá voar, se assemelha muito a de Tony Stark, personagem criado por Stan Lee. As semelhanças estão não na aparência, mas no fato de que deverá ter um esqueleto externo flexível mas resistente, que contará com proteção à prova de balas, permitirá um aumento na força física e transportar equipamentos pesados, um potente computador e um sistema de controle dos sinais vitais, como destacou o Exército americano em um comunicado recente:

“Algumas tecnologias previstas para o TALOS compreendem uma armadura avançada, computadores que permitem aos soldados saber onde estão a todo o momento no campo de batalha e se comunicar com os comandos, assim como um sistema de alimentação elétrico e um esqueleto exterior muito móvel”.

size_590_Exército_americano_terá_traje_parecido_com_o_de_Iron_Man

Mas, diante da inevitável comparação, Bill McRaven, o almirante responsável por apresentar o projeto,declarou que a idéia não tem inspiração alguma no personagem, mas sim na evitar mortes de soldados como as ocorridas no Afeganistão.

O comando de operações americano convocou no mês passado cientistas para apresentar tecnologias que possam ser incorporadas a “uma armadura de combate inteligente”. Os projetos deverão ser enviados até setembro de 2014. Depois disto, o comando militar e encarregados do Pentágono irão decidir o que será feito, levando em conta pontos importantes, como os custos.

Especula-se que se poderia usar uma “blindagem líquida” para o corpo da armadura, o que lembra o filme “O Exterminador do Futuro”, mas esta tecnologia ainda está nos primeiros estágios de desenvolvimento, disse à AFP. Segundo o projeto desenvolvido por cientistas do Massachussets Institute of Technology (MIT), o líquido viraria sólido com uma carga magnética ou elétrica. E sobre o computador de bordo, algo similar ao Google glass, mas que também monitoraria todo o corpo.

Stark que se cuide! O exército quer as criações dele, mesmo na vida real!

Luciana Fogo
por

Luciana Fogo

Chocólatra assumida, sou também uma viciada em livros e totalmente capaz de virar a noite com uma boa história! Mas o meu maior amor é ter INFORMAÇÃO! Pergunte que eu descubro!

Recomendamos para você