A ciência ajuda e atrapalha nosso almoço todos os dias com novidades loucas que tiram o apetite de qualquer cidadão comum. Existe lenda, existe fato e existe isso: uma lista de esquisitices que abalam o emocional de qualquer um, principalmente quando descobrimos que, estas esquisitices, foram encontradas dentro de pessoas como nós – pausa para o ECA! Claro que sabemos que a maioria dos animais não conseguiria sobreviver dentro de nós, mas, por mais impossível que possa parecer, existem algumas exceções, e é exatamente sobre essas benditas raridades que falaremos a partir de agora!

ERVILHA NO PULMÃO

Ron Svedan, tinha 75 anos durante o verão de 2010, e ele andava se sentindo muito fraco. A sua família e até ele mesmo estavam suspeitando que se tratava de um câncer pulmonar. Um dia levado as pressas para um hospital devido ao surgimento de uma tosse muito forte. Um raio-x revelou algo em seu pulmão esquerdo, que também havia entrado em colapso. Dez dias depois os exames de laboratório confirmaram, não era câncer, Ron tinha dentro do seu pulmão uma pequena planta de ervilha crescendo dentro dele. Os médicos especulam que a ervilha tenha sido acidentalmente inalada, e o pulmão proporcionou uma atmosfera ideal para que ela brotasse, a planta foi cirurgicamente removida e Ron se recuperou.

RESPIRANDO UM PEIXE

RESPIRANDO UM PEIXE

Um garoto indiano de apenas 12 anos chamado Anil Barela, estava tendo muita dificuldade de respirar, a única coisa diferente que ele se lembrava de ter feito era nadar em um rio, o que não explicava absolutamente nada. Quando sua família decidiu procurar ajuda médica não conseguiram descobrir do se tratava, então decidiram abrir o seu pulmão para dar uma olhada, e o que encontraram foi um peixe de 8,9 cm lá dentro. O garoto confirmou que estava brincando de engolir pequenos peixinhos vivos com seus amigos, Anil pensou que havia engolido mas na verdade ele aspirou um peixe, que ainda estava vivo quando foi retirado do seu pulmão.

LARVAS NO COURO CABELUDO

LARVAS NO COURO CABELUDO

Aaron Dallas, estava viajando para Belize durante o verão. As férias segundo ele foram excelentes, aparentemente sem incidentes. Aparentemente porque ao voltar para os EUA, Aaron notou que tinha vários inchaços no couro cabeludo, inicialmente os médicos acharam que se tratava de picadas de insetos, até que notaram movimentos em seu couro cabeludo. Foi assim que retiraram 5 vermes de sua cabeça. Segundo Aaron, o mais terrível era ser capaz de ouvir as larvas em sua cabeça.

ENGUIA NO INTESTINO

ENGUIA NO INTESTINO

Um homem de 59 anos que não quis se identificar por motivos óbvios, procurou ajuda médica na província de Sichuan, na China, depois de sentir dores em seu abdômen e sangramentos na região anal. Os médicos de plantão intrigados, optaram por realizar uma cirurgia exploratória, provavelmente esperando encontrar algum órgão danificado, para a surpresa dos médicos o intestino delgado do homem estava todo danificado por uma enguia encontrada dentro dele.

No início foi suposto que a enguia tivesse entrado através de alguma refeição feita pelo homem, mas logo a causa real veio a luz: Ele tinha saído para beber com os amigos no dia anterior e desmaiou, momento em que os amigos decidiram fazer uma “brincadeira” com ele, enfiando uma enguia viva em seu ânus. O homem morreu 10 dias depois.

PEIXE NA BEXIGA

PEIXE NA BEXIGA

Na Índia, um garoto de apenas 14 anos de idade, foi parar no hospital após sentir fortes dores e dificuldades para urinar, apesar de não ter nenhum histórico de problemas urológicos. Vários testes foram executados, e os médicos acabaram por identificar a fonte de sua angústia: um pequeno peixe vivo dentro da sua bexiga.

Os médicos tentaram retirar o peixe de diversas maneiras, por fim tiveram que usar uma ureteroscopia que é tão ruim quanto parece, o mais impressionante nessa história é como o peixe deve ter ido parar lá, segundo o garoto ele estava limpando o seu aquário e precisou ir ao banheiro. Ele manteve o peixe na mão enquanto urinava, e o peixe buscando água escorregou de sua mão e procurou abrigo no primeiro lugar que encontrou.

ÁRVORE NOS PULMÕES

ÁRVORE NOS PULMÕES

O russo Artyom Sidorkin começou a sentir fortes dores no peito e tosse com sangue em 2009. Obviamente ele ficou assustado e procurou seu médico para descobrir a origem do problema, e foi possível ver através de um raio-x que ele tinha um câncer no pulmão. Fizeram outros testes que pareciam confirmar o câncer, por isso foi exposto a uma operação em seu pulmão. Em última estancia o médico de Artyom decidiu dar uma olhada mais de perto no câncer antes de cortar a maioria de um de seus pulmões.

Como se viu, a massa detectada pelo raio-X não era um tumor, mas sim o crescimento de uma árvore de abeto. Com apenas cinco centímetros de altura, mas estava tocando alguns de seus capilares, o que explicou a extrema dor que ele estava sentindo. A planta foi retirada, e ele teve uma recuperação completa.

VERME NOS OLHOS

VERME NOS OLHOS

John Mathews estava tendo problemas para enxergar com o olho esquerdo. E sua visão foi se tornando cada vez mais tênue, e segundo ele ainda existia duas manchas escuras à vista. Preocupado por estar perdendo a visão, John procurou ajuda médica. Na primeira, o Dr. James Folk não conseguiu encontrar o problema, mas depois de examinar através de um microscópio os olhos de John, ele percebeu que havia um verme vivendo nele.

Para se ter noção da má sorte de John houveram apenas 15 casos deste no mundo,  mas o que se sabe não é muito agradável. O verme entra no corpo pela comida, e viaja do estômago ao olho (ou cérebro) através do tecido da pessoa e em seguida sobrevive se alimentando da retina da pessoa. Apesar de sua visão de ser turva, ele podia ver o verme se locomovendo em seus olhos. Dr. Folk conseguiu matar o verme através de um laser, e John agora está fazendo tratamento para restaurar sua visão, embora seja improvável  que ela se recupere totalmente.

aranha no ouvido

ARANHA NO OUVIDO

No dia 8 de agosto de 2012, a Sra. Lee passou pelo Hospital Central de Changsha reclamando de coceira no ouvido. O Dr. Liu Sheng, resolveu analisar a orelha da mulher e observou que existia uma aranha dentro do seu canal auditivo. E não era daquelas pequenininhas. Essa tinha quatro-olhos, estava coberta de cabelo, tinha farpas que o médico temia que ela pretendia cravar no ouvido da mulher se fosse perturbada. Eles acreditam que a aranha tenha se arrastado para dentro de seu ouvido enquanto ela dormia, cinco dias antes. Para tirá-la, encheram sua orelha com solução salina, que espantou com sucesso a aranha de seu ouvido.

PARASITA NO CÉREBRO

PARASITA NO CÉREBRO

Rosemary Alvarez tinha 37 anos, quando em um exame de ressonância magnética descobriu um tumor gave em seu cérebro.  Ela havia se internado em um hospital em Phoenix depois de apresentar alguns sintomas preocupantes, tais como, dificuldade de equilíbrio, deglutição e dormência. Não havia outra alternativa senão passar por uma operação arriscada.

Foi neste ponto que o médico fez uma descoberta que, sem dúvida, vai ficar com ele pelo resto de seus dias. A boa notícia era que Rosemary não estava sofrendo de um tumor. A não tão boa notícia foi que ela tinha uma tênia solitária dentro do seu cérebro. Embora horripilante, foi realmente melhor do que ter um tumor. A tênia é mais fácil de remover e significava que ela não teria que se preocupar com o câncer. Mas ainda havia a questão de como o parasita chegou lá, e a resposta é muito nojenta. Em algum ponto, Rosemary deve ter comido alimentos contaminados pelas fezes de alguém  que era portador de tênia. Se isso não fará com que você lave suas mãos antes das refeições, eu não sei o que fará.

ESPERMATOZÓIDE NA BOCA

ESPERMATOZÓIDE NA BOCA

No ano passado uma sul coreana, estava comendo lula mal passada. Enquanto ela comia ela sentiu uma sensação de ardor e cuspiu. Mas ela continuou a sentir o que ela descreveu como “uma sensação de corpo estranho” em suas gengivas. Acontece que, enquanto ela comia, o saco de esperma da lula estourou e ela foi “inseminada”. Em seguida ela procurou um médico se queixando de dores intensas e que havia bichos pequenos rastejando em sua boca.

Quando ela foi examinada por médicos, eles removeram “12 pequenos organismos brancos e fusiformes”. Na verdade, a boca da mulher tinha sido essencialmente inseminada. Não é a primeira vez que uma lula tentou fecundar uma boca humana. Houve vários incidentes no Japão, onde as pessoas se queixaram de picadas orais por sua comida, segundo sites de notícias. Ao consumir lula crua, os clientes devem retirar seus órgãos internos, ou ferve-la tempo suficiente para matar seus sacos de espermatozoides. [Listverse]

Compartilhe: