Hola Hola Hola queridos Coxinhos, tudo bem? Mais um dia de entrevista aqui na coluna [Ser Blogueiro é…] e cada dia estamos ficando mais felizes com os resultados. Espero que vocês, leitores, também! 🙂 Hoje entrevistaremos o Rafael Marçal, autor das tirinhas do site Proféticos. Vamos começar de forma simples e objetiva com a definição do próprio Rafael sobre seu site: “Webcomics, os quadrinhos da internet. Mas sem Memes, pelo amor de Deus”. Acho que todo mundo aqui no site já sabe minha opinião sobre os blogueiros que ganham a vida com Memes não é? Ok, então. Vamos começar a entrevista porque as tirinhas dele são realmente legais e ele deu umas dicas para iniciantes que vale a pena conferir.
 
Rafael começou a bloggar muito cedo, desde o começo da plataforma blogger, fazia textos e crônicas e se divertia com seus amigos, inclusive aumentando sua rede de amizades na própria internet. Depois, ele teve que dar uma paradinha (como todo mundo) devido aos compromissos de trabalho e responsabilidades comuns. Nesse meio tempo se especializou em design gráfico e informática e deu muitas aulas do tema por aí. Ou seja, mesmo não sendo blogueiro, Rafael não perdeu seu lado bem humorado de ser e suas piadinhas, ou como eram chamadas “Marçalização”.
Bom, esse Rafael gosta mesmo de falar, por que até agora não contou como começou a fazer quadrinhos…vamos lá: Tudo começou no twitter, com o apoio de um grande amigo seu, o Werinton. O amigo disse ao Rafael que sentia falta de seus textos de humor sarcástico e diálogos jocosos. Depois desse pequeno empurrãozinho e da sementinha da vontade de voltar plantada, foi questão de semanas para ele estar de volta, desta vez no WordPress caçando plugins e tema para seu novo projeto “Os Proféticos”.
Rafael escolheu este nome porque seu blog antigo se chamava Proféticos e Apocalípticos (ainda online para os que quiserem conhecer).  O problema encontrado era o do conteúdo, com a idade, Rafael chegou à conclusão que havia ficado muito mais crítico e exigente para continuar escrevendo crônicas, o que deixaria o processo de produção bem engessado. Então, a solução encontrada foi a de fazer quadrinhos! o/
Rafael é apaixonado por quadrinhos desde que se dá por gente, é designer profissional, tem senso de humor e quer divulgar seu conteúdo para todo mundo. Então misturou todas as suas vontades e habilidades e criou o Paulito e quando percebeu, tinha mais de uma dúzia de personagens e quase 400 postagens de tirinhas, charges e histórias em quadrinho.
O site Os Proféticos possui sistema de monetização através da boo-box e Rafael está estudando colocar alguns banners do Submarino, mas não considera isso uma prioridade, porque o valor para site de quadrinhos é curto e acaba poluindo demais já que as propagandas deixam o site bastante carregado de imagens. Mas mesmo considerando que não é uma prioridade para seu próprio site, Rafael considera que a monetização é algo que ajuda sim, só acha que os autores de blog não devem se permitir ficar engessados com o padrão dos formatos oferecidos pelos programas de afiliados. De acordo com ele, pode-se monetizar o site com diversas parcerias, fazendo troca válida, trazendo oportunidades reais e relevantes para seu leitor e com o sucesso de uma ação, ter retorno e valorização do anunciante parceiro.
“É um assunto meio polêmico, porque sou meio contra esses blogs de humor preguiçosos que fazem armadilhas para ganhar cliques dos leitores e tal, mas enfim, vamos falar de coisa boa, hahahahaha”, diz Rafael.
Conselho para blogueiros de primeira viagem: “Estudem meninos e meninas! Se forem fazer um site de quadrinhos, é necessário muita dedicação, postar diariamente é algo muito importante, difícil, mas é o que fideliza leitor e mostra comprometimento de sua parte para anunciantes e parceiros profissionais. Outra coisa, e leve isso muito a sério, VÁ CAÇAR SUA TURMA. Sério, parece ofensa, mas não é. Procure ver as pessoas que tem o mesmo tipo de visão que você, que fazem coisas parecidas, vocês não são inimigos, são companheiros e podem trocar experiências e um puxar o outro para cima. Eu, por exemplo, sou amigo de vários cartunistas e quadrinistas da internet, são meus parceiros, aprendo com eles, compartilho experiências minhas com eles e juntos estamos crescendo e acredite, essa amizade que construo com eles dia a dia é maior que qualquer estatística de acesso e etc. Hoje, faço um podcast de webcomic junto com essa galera e a amizade só aumenta, hoje me sinto junto com os meus e acho que isso pode ser visto como panelinha para quem está de fora, mas não é, apenas gostamos de quadrinhos e gostamos um do outro, dá para perceber bem o clima de amizade no Café com HQ e não consigo mensurar o quanto aprendo com meus parceiros e o quanto sou orgulhoso por ser amigo deles. Sinto-me importante”.
A relação de Rafael com seus leitores é de profunda amizade e liberdade, ele brinca com todos os que já conheceu até hoje, interage bastante pelo Facebook e pelo Twitter, troca muita idéia com eles e vê que a galera participa muito nos comentários e nas promoções que inventa, mandando histórias, fotos e tudo mais. Rafael diz que tudo isso vale a pena, mas só se você realmente curtir o que você faz. “Se você está nesta para ter fama e dinheiro, acho melhor voltar lá para o primeiro conselho: Estuda menino!”.
Rafael ama quadrinhos, é heavy user de internet, faz piada até nas horas que não pode e desenha um pouquinho, ainda pretende se tornar um quadrinista relevante nesse mundo virtual, mas enquanto isso, ele vai curtindo a cada dia, cada comentário e cada novo leitor.
Veja abaixo um dos trabalhos do Rafael Marçal e passe a curtir seu site Os Proféticos porque é muito legal e vale realmente a pena:
Gostaria de agradecer ao Rafael pela dedicação ao responder a entrevista da coluna [Ser Blogueiro é…]. É perceptível quando a pessoa responde uma entrevista simplesmente para se auto-promover ou quando é para cumprir um protocolo. Essa entrevista tem sentimento e uma quantidade de informações sinceras e super úteis para todos os blogueiros. Curtam bastante esta entrevista e principalmente os quadrinhos, tirinhas e charges do Rafael, porque são verdadeiramente muito boas!