Entrevista Proibido Ler

-por , em 16/01 -
Olá Coxinhos! Mais uma semana, mais um dia de entrevistas na coluna [Ser Blogueiro é…]. Desta vez com o Bruno Fonseca, autor do blog Proibido Ler que está no ar há mais ou menos três anos! Não percamos nosso tempo com introduções, vamos ao que interessa.
 
Bruno teve a ideia de criar o Proibido Ler após ler algumas crônicas de um amigo na internet e ter gostado do estilo que ele escrevia. Ele fez faculdade de comunicação e estava parado com a escrita, algo que sempre apreciou. Assim, juntando o útil com o agradável,  Bruno lançou a ideia do blog ao amigo e ele aprovou – fazendo tudo acontecer!
O blog passou dois anos vivendo apenas de textos e raramente tinha imagens, variou bastante de equipe – tinha gente que ficava um ou dois meses e depois desistia do projeto – mas só em Agosto de 2009 que esse amigo do Bruno fez todo o layout e programação e passou a ficar apenas na parte administrativa. O Bruno então ficou praticamente sozinho na responsabilidade de conteúdo e decisões sobre a vida do blog.
Neste momento ele decidiu largar muitas coisas e se dedicar apenas do Proibido Ler, em janeiro de 2011 o layout mudou, foi um presente deste mesmo amigo do comecinho e com isso, a linguagem e o conteúdo mudaram também para adequar tudo a um perfil de blog mais profissional – até porque viver de textos apenas não estava mais vingando, tanto em acesso quanto em criação.
Através dos parceiros, de muita dedicação e dos amigos que ajudaram ao Proibido Ler ser o que é hoje, tudo começou a tomar forma e a crescer. Sobre a monetização, ele considera um tema importante para o blogueiro e diz:
“Tem muita gente que diz que não quer ganhar dinheiro com o blog e tals, mas lá no fundo, ou nem sempre tão fundo assim, quem tem blog almeja faturar algo com aquilo que você se esforça para dar certo, esforça para ser diferente, autêntico e acessível para todos.”
 
Bruno comentou um pouquinho também sobre as panelinhas entre blogueiros na web: “Existem várias panelinhas por aí e esse assunto me incomodou muito no início. Era difícil se aproximar de alguns blogueiros e eles achavam sempre que eu queria sugar algo, mas com jeitinho, com trabalho e com autenticidade você consegue não fazer parte de uma panelinha, mas ser reconhecido por todas elas. Basta ter foco e ser sempre autêntico. Existe muito lambe lambe de panelinhas, blogueiro que sobre na internet puxando saco de um, lambendo a panelinha de outro…”
 
Bruno diz que ter um blog é extremamente trabalhoso, mas que também é muito gratificante quando traz resultados. É difícil demais lidar com conteúdo, edição de fotos, postagens superiores a 5 por dia, se dedicar… Mas a gratificação vem dos leitores, dos comentários, da quantidade de acessos e de saber que sua idéia está funcionando.
“Ter um blog, para mim, é um trabalho de plantar sementinha e sempre pensar que o resultado virá a longo prazo, pode vir sim a curto prazo, mas você tem que ser muito gênio para fazer isso acontecer, tanto nas redes sociais, quanto nos blogs”.
 
Bruno diz que não é fácil para ninguém gerar acessos da noite para o dia e várias vezes ele pensou em desistir, largar tudo e vender coco na praia, mas isso é uma paixão e quando você descobre que não sabe fazer outra coisa além disso, passa a ter uma satisfação plena, pois entende qual caminho deve seguir. Ele gosta muito de tudo isso, ama a internet desde quando a conheceu – quando via outros blogueiros, sites e pensava que um dia queria chegar lá – e hoje ele está aqui!
Qual sua mensagem para os blogueiros de primeira viagem? “Tenha paciência, foco, criatividade e fé, porque só assim você pode conseguir alcançar o que deseja dentro do mundo www, das panelinhas, do twitter e etc.”
 
De acordo com Bruno, o Proibido Ler não é um blog de sucesso e não acha que seja genial, mas ele diz estar aí, tentando um dia chegar lá! ^^ E de quebra, ele ainda mandou um recadinho super fofo para a Coxinha Nerd:
 
“Foco, força e fé para vocês da Coxinha Nerd, agradeço pela oportunidade, abraços e precisando de alguma coisa, sabem onde me encontrar” 😉
 
Gostaria de agradecer muito ao Bruno pela entrevista cedida à Coxinha Nerd e dizer que foco e força não falta aqui na Coxinha Nerd. Juntos todos podem ajudar a fazer uma internet com conteúdo de qualidade e bastante informação para as futuras gerações. Vamos continuar trazendo conteúdos que nos orgulhamos de escrever e desenvolver, exatamente porque quando a gente quer, a gente chega lá! ^^
Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você