Star Wars é uma das franquias de maior sucesso do mundo e mais rentável para seu estúdio. Uma franquia que criou uma mitologia própria que ultrapassa o limite das telas de cinema e passam para nossa vida de uma forma que nunca conseguiremos nos separar dela. E o que você faria se pudesse levar um X-Wing ou uma Millenium Falcon para casa? Alguns drones se inspiram e até mesmo imitam o design das naves apresentadas em todos os episódios de Star Wars.

A empresa Parrot decidiu lançar dois modelos de drones para fazer a alegria de quem os possui. Um deles, o Swing, é baseado na clássica X-Wing, os emblemáticos caças dos rebeldes em Star Wars. O Swing decola na vertical e pode alcançar 30 km/h. O modelo baseado na X-Wing também vem equipado com um acelerômetro, um giroscópio e uma câmera de 640 x 480 de resolução com memória interna de 1 Gb.

O segundo modelo, batizado de Mambo, alcança a mesma velocidade que o Swing e tem praticamente tudo o que seu irmão famoso tem. A diferença dele são dois equipamentos presentes no Mambo: uma pinça e um canhão NERF. Sim meus amigos! Você pode acertar aquele primo chato até 1,8 metros de distância da ponta do canhão do Mambo e suas pinças suportam até 113 gramas, o suficiente para você pegar a chave de casa sem sair do lugar. Sem contar que você pode comprar uma poderosa lanterna de LED acoplável ao Mambo por US$ 15,00 a mais.

Os modelos serão lançados ao púbico em setembro desse ano. O modelo Swing, que parece a X-Wing custará US$139,00 (aproximadamente R$451,00) e o Mambo sairá por US$119,00 (aproximadamente R$386,00). Ambos tem uma autonomia de 8 minutos e alcançam 20 metros de distância caso utilizados por algum smartphone usando o aplicativo de controle. OU, caso você queira uma distância maior, você pode comprar o controle FlyPad por mais US$39,00 e a extensão que os drones alcançam vão de 20 para 60 metros!

Não deixem de comentar aí embaixo, na nossa página no Facebook e nas outras redes sociais:. Como diriam agora Cris e Panda: é tudo COXINHANERD (tudo junto mesmo!)

Leia mais sobre Tecnologia

Compartilhe: