Na ultima semana, foi lançada nos EUA a edição #44 da HQ das Tartarugas Ninjas. Essa edição, causou comoção, pois em suas ultimas páginas,  o nosso querido Donatello  sofre uma grande violência por parte de Rocksteady, que destrói seu casco a marretadas. E a ultima cena é justamente com o herói alquebrado, em uma poça de sangue, nos braços do pai e mestre, Splinter, que demostra estar lamentando profundamente pelo filho. (Você pode conferir os detalhes com imagens clicando AQUI)

E esta que vos fala ficou LITERALMENTE CHOCADA! Não consegui dormir no dia remoendo a situação, pois como expliquei no post sobre o assunto, minha ligação com os personagens é antiga e profunda. Literalmente aconteceu com a “minha família” e foi difícil lidar no dia com a bomba… E foi nas discussões nos dias seguintes e no ir e vir de informação que me chegou aos olhos essa imagem:

donatello está vivo

Eu não vou afirmar para vocês a origem da imagem. Ela apareceu em apenas algumas poucas páginas da Web (eu procurei bastante, pra tentar saber mais a respeito), irritantemente sem informações! Apenas um único lugar insinua que ela estava no preview da edição #45 da HQ. Como assim? O site da atual editora dos quadrinhos, a IDWcostuma dar previews de suas publicações e, dizem, alguém teve a ideia de ir até lá conferir sobre a #45. Eu também fui durante minha pesquisa sobre a imagem, mas não há nada. Podem ter realmente publicado e depois tirado, para manter o suspense por mais tempo, devido a grande comoção. Eu acredito que seja uma imagem real, pois o estilo da página e a arte batem com os quadrinhos com os quais comparei.

E, sendo otimista (eu disse que o queria de volta, fosse como fosse!), e crendo que a imagem seja verdadeiramente da futura edição, que tal discutirmos possibilidades?

Enquanto pesquisava, eu acabei voltando as origens dos cascudos mais uma vez. Nisso, fui lembrada de uma curta fase da HQ, que ficou conhecida como “Tartarugas Ninjas do Universo Image”. De 1996 a 1999, as tartarugas foram publicadas pela editora Image, que pretendia dar continuidade a história original, utilizando aquele mesmo clima sombrio e violento do inicio. E essa fase teve enredos bizarros! Alguns exemplos? Splinter é sequestrado e ganha uma nova mutação. Leonardo perde uma das mãos. Rafael se fere no rosto (sério, eu considero na verdade dizer aqui “se fere” ameno, tá mais pra “fica deformado” mesmo) e passa a usar um capacete (no ultimo longa de animação, ele era o Nightwatcher, lembram? O uniforme tinha um capacete bem marcante, será que a ideia veio dai?) e também, em dado momento, veste a armadura do Destruidor e se torna o líder do Clã do Pé!

 

Realmente, uma fase agitada e pra lá de violenta. Tanto que durou apenas 23 edições e hoje nem é reconhecida como parte da história dos cascudos nos quadrinhos, mas como um universo paralelo. Mas, foi nela que também ocorreu uma coisa cuja descrição me chamou a atenção: Donatello também se fere gravemente e acaba virando um ciborgue, meio máquina, meio tartaruga. Será que vão usar isso como base e repetir???

 

Olhando a imagem lá em cima, é provável acreditar que será algo parecido com isso. Traduzindo, Splinter começa dizendo “mas não menos mortal”, e afirmando que Donnie quase perdeu a vida para que os outros pudessem viver, não apenas os irmãos, mas o mundo todo. E também sobre o corpo quebrado preso a cama e a sua alma indomável, presa dentro de uma máquina. Alma indomável presa dentro de uma máquina? Estará ele falando do maquinário de suporte a vida ao qual Donnie está ligado, ou ao que foi feito em partes do seu corpo para “resolver” o problema? Eu confabulei anteriormente a possibilidade de Donnie se tornar uma espécie de “Oráculo” no quarteto, passando a dar seu apoio de longe, já que seu corpo provavelmente perdeu parte do movimento. Outros, pelos fóruns afora, no calor da discussão da possível morte, falaram sobre a possibilidade dele se tornar mesmo ciborgue.

Não sei o que o futuro vai reservar, mas Donnie pelo menos estará lá! Então, amiguinhos, eu vou partindo… Preciso esperar para ter em mãos uma certa edição #45 , vai que Splinter acabe precisando da minha ajuda como enfermeira? Até breve!

Compartilhe: