DICA DE LIVRO | Anna Liza e o Consultório Feliz!

DICA DE LIVRO | Anna Liza e o Consultório Feliz!

UM LIVRO QUE ABORDA UM TEMA COMPLICADO!

Filha de uma psiquiatra, Anna Liza Madigan quer seguir a profissão quando crescer e, por isso, decide abrir seu próprio consultório na sala de espera da mãe. Ela já tem seu kit psiquiátrico e, com um jaleco e um estetoscópio, faz rondas no consultório depois da aula, pronta para alegrar as pessoas com suas piadas de toc-toc e canções animadas.

Quando conhece Edward, porém, seu trabalho fica um pouco mais difícil: o garoto está deprimido com a tristeza do pai. Desde que sua mulher foi embora, ele parece achar que sua vida não está indo a lugar algum. Mas Anna Liza tem um plano perfeito para fazer o pai de Edward se mexer e está disposta a fugir dos sermões da mãe para resolver o problema do seu novo paciente.

Autor da aclamada série Artemis Fowl, que já vendeu mais de 150 mil exemplares no Brasil, Eoin Colfer apresenta ao público infantil a temática dos transtornos mentais de uma maneira leve e divertida. O enredo de “Anna Liza e o consultório feliz” ganha forma através das ilustrações de Matt Robertson.

Eoin Colfer começou a escrever, no ensino fundamental, histórias envolventes sobre vikings, inspiradas no que aprendia na sala de aula. Em 2001, publicou o primeiro livro da série Artemis Fowl, sobre um menino prodígio do crime, que se tornou um best-seller. Vive na Irlanda, com a mulher e os dois filhos.

Matt Robertson passou a infância criando mundos maravilhosos. Tão logo se tornou capaz de segurar um pincel, pintava e desenhava até a hora de dormir. Enquanto frequentava a escola de arte da universidade de Cambridge, o amor pelos livros. Matt é hoje um ilustrador premiado.

Curtiu o livro? Você pode comprar ele AQUI!

Confira também nossa Dica de Livro em Vídeo!

Veja mais sobre Livros

Vinny Romanelli
por

Vinny Romanelli

Viciado em games, animes e action figures (NÃO-SÃO-BONECOS). Esse carioca da gema leva o Japão no coração. Quase um gibi ambulante, futuro marketeiro e chato quando chamam animes e mangás de "desenhos para crianças". See ya Space Cowboys!!!

Recomendamos para você