SERÁ QUE TEREMOS DE 2 EM 2?

A realidade é que por mais que haja muita reclamação no meio nerd acerca das adaptações, principalmente quando se trata da DC, amamos quando elas saem do papel.

Seja Batman, Liga da Justiça ou até mesmo Shazam nunca deixamos de ir aos cinemas conferir e teorizar sobre as obras e principalemnte onde elas se encaixam na linha temporal da DC.

Pensando nisso, trouxemos uma análise da linha temporal de Aves de Rapina e Esquadrão suicida e onde elas se conectam. Já é sabido que elas caminham em paralelo e isso são palavras de Cathy Yan… Bem, vamos do início:

 Há quatro anos chegava aos cinemas Esquadrão Suicida, que apostava em um grupo de vilões, já conhecido dos quadrinhos para defender o mundo de uma grande ameaça. De quebra éramos apresentados ao Coringa (que não era parte do Esquadrão e estava lá só para introduzir a Harley) de Jared Leto e a icônica Arlequina de Margot Robbie. A aceitação do personagem de Jared Leto, não foi das melhores e recebeu uma enxurrada de críticas, enquanto a Harley era enaltecida por todas as faixas etárias, seja por sua história de origem ou por mostrar um tipo de uma personagem mulher fora dos padrões.

Recentemente chegou aos cinemas, Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, O longa se passa dois anos após os eventos de origem e mostra as consequências de Coringa na vida de Arlequina, funcionando quase que praticamente como uma sequência direta de Esquadrão suicida, ao apresentar em retrispectiva o relacionamento de Coringa e Arlequina, desde quando se conheceram no hospício, até sua transformação, passando pela vida no crime, culminando no término. Neste, Arlequina é responsável por unir as Aves de rapina, mas prefere seguir um caminho solo.

O novo Esquadrão Suicida, se passará dois anos após os eventos de Aves de Rapina, mais precisamente nos dias atuais, e de acordo com James Gunn, diretor do longa, a Arlequina terá grande destaque no filme, Desta vez sem Coringa. E assim como nos quadrinhos, teremos uma formação de grupo diferente do filme anterior. Ao que tudo indica o longa adaptará os quadrinhos de 1980 de Jon Ostrander e Kim Yale.

Será que teremos um novo filme de “Aves de Rapina” para continuar essa linha do tempo? Se depender do sucesso de vendas e de Margot Robbie, pode acreditar que sim!