Escolha uma Página

VAGABUNDO?

A onda de live-actions continua. A mais nova produção da Disney a ganhar uma nova versão é A Dama e o Vagabundo. Lançado em 1995, o filme traz dois cachorrinhos nos papéis dos protagonistas. Lady é uma cadela de família rica, enquanto Tramp vive nas ruas procurando comida no lixo. A realidade dos dois parecia tornar tal encontro impossível. A vida da cachorrinha, porém, vira de cabeça para baixo quando sua dona fica grávida. Deixada de lado, Lady começa a entender seu significado dentro de casa. 

Enquanto buscava entender sua nova realidade, a cadelinha cruza o caminho de Tramp. O jovem vira-lata está acostumado as encrencas de viver na rua, mas não previu o que sentiria pela pequena Lady. Quando uma grande confusão a obriga a viver na rua, a amizade entre os dois cresce. É o início de um belo relacionamento. 

Ficção?

A história de A Dama e o Vagabundo pode parecer linda à primeira vista. O ambiente de conto de fadas mascara a tristeza por trás do filme, além da mensagem que traz. O cachorro que irá interpretar Tramp no live-action foi abandonado por seus donos. Coincidência? Monte foi resgatado de um abrigo de animais no Arizona, adotado para interpretar o protagonista da Disney. De acordo com os funcionários do abrigo, Monte sempre foi dócil e extremamente carinhoso. 

O que acontece com Lady em A Dama e o Vagabundo está longe de ser fictício. Diariamente, milhares de cachorros são abandonados nas ruas por seus donos. Os motivos variam de ” falta de espaço, muita bagunça, mudança e, adivinhem, um bebê a caminho”. O que muitos esquecem, porém, é que cachorros são seres vivos. Não estamos lidando com bonecos de pelúcia, os quais podemos por de lado quando cansamos. O abandono de animais é crime e uma atitude extremamente cruel! Muitos não tem a sorte de Monte, pelo contrário.  

A Dama e o Vagabundo

Com a notícia sobre o antigo lar de Monte, o assunto precisa ser trazido a tona mais uma vez. Valorizar a produção é fundamental, mas o que fazemos no dia a dia pode mudar a vida de muitos. Imagine largar seu filho na rua em um dia no qual ele esteja chorando. Absurdo, não? Ou o sentimento de tristeza que dá ao ver uma criança pedindo comida no sinal. Aqui vai a grande novidade: cachorros não falam. Eles passam frio, sede e fome, além de sofrerem maus tratos de muitos pedestres. 

Sabemos que existem muitas Damas espalhadas por aí, com coleiras caras e até mesmo tratamentos de estética. Mas existem muitos vagabundos precisando de uma amizade. E assim como Monte, boa parte deles é dócil e só quer um lugar pra morar. Que tenhamos cada vez menos Vagabundos por aí. 

A Dama e o Vagabundo chega ainda esse ano nos cinemas.