A Google Spotlight Stories é uma plataforma de videos em realidade virtual da Google. Animações e até mesmo curtas em live action já foram lançados para o público, mas um curta animado chamou a atenção na época de seu lançamento: Pearl. Parece que a Academia também se impressionou, e o curta foi pré-selecionado para o Oscar 2017!

A história é emocionante, contando a história de um pai solteiro e sua filha rodando os EUA para viver de música. O tempo avança rapidamente, mas o cenário é sempre o mesmo carro. A animação dura cinco minutos e meio e surpreende não só pela história, mas pela imersão que a realidade virtual proporciona.

Criar um vídeo VR não é simplesmente filmar qualquer coisa em 360º. A posição da câmera e o ambiente são extremamente importantes para se ter uma experiência realmente imersiva, e Pearl cumpre os requisitos com maestria.

A Academia selecionou dez curtas animados para a premiação de “Melhor curta-metragem de animação“, onde cinco finalistas serão anunciados em 24 de janeiro do ano que vem. Dentre os pré-selecionados estão duas produções Pixar: Borrowed Time, mostrado aqui no blog, e Piper. Quem representa a Disney é Inner Workings, dirigido pelo brasileiro Leo Matsuda.

Pearl foi dirigido por Patrick Osborne, vencedor do Oscar 2015 pelo seu curta Feast. É possível assistir a produção pelo vídeo abaixo, mas recomendamos assistir no aplicativo Google Spotlight Stories para Android ou iOS – se possível em um óculos VR para a experiência completa.

Leia mais sobre Filmes e Tecnologia