TODO CUIDADO É POUCO COM O RETORNO DO ORKUT!

Antes do aparecimento do Twitter, do Instagram e principalmente do Facebook, só um havia um único rei na terra sem lei que a internet é: o Orkut. Uma das primeiras redes sociais e realmente explodir pelo mundo e, basicamente, tomada pelos brasileiros.

Um recente lançamento na internet com o retorno da rede social mais saudosa em terras tupiniquins pode se tratar de uma grandiosíssima armadilha para os desavisados.

De acordo com alguns serviços de segurança digital e o antigo proprietário da rede social, o Google, informaram que a cópia do Orkut é uma fraude e coloca em risco a integridade dos computadores e smartphones que o acessarem.

Quem tenta abrir a página do “Orkut.li” usando o Chrome, navegador oficial do Google, se depara de cara com um aviso de que se trata de um site “enganoso”.

Mas isso não se limita somente ao Chrome. Quando tentamos abrir a página usando outros browsers, como o Mozilla Firefox ou o Opera, são os sistemas que verificam ameaças digitais que entram em ação. Um deles acusou que se tratava de uma “página fraudulenta verificada ou fonte de ameaça”  e acabou a classificando como um site “perigoso”.

Para quem não vive em nosso planeta e ainda não sabe, o Orkut teve suas atividades encerradas em 30 de setembro de 2014 pelo próprio Google que disse na época que decidiu dar adeus à rede social e focar suas energias e recursos em outras redes sociais, como a fracassada Google +.

A carta de despedida da rede social, escrita pelo seu idealizador, Orkut Büyükkökten, ainda está disponível para leitura no site oficial da página (www.orkut.com).

Veja mais sobre Tecnologia