Há 20 anos, o Brasil perdeu um grande nome de sua música: o cantor e compositor Renato Russo. Membro fundador da banda de rock Legião Urbana, Renato faleceu no dia 11 de outubro de 1996, vítima do vírus da HIV. Com letras profundas, que falam de amor, política e que convidam os ouvintes a refletirem sobre diversas facetas da vida, Renato Russo deixa saudades até hoje.

E é em sua homenagem que Samuca Luna (ator e compositor que já trabalhou com diversos nomes da música brasileira) organiza o show Cronovisor, onde conta um pouco da história de Renato Russo e toca seus maiores sucessos.

Eu tive o prazer de, no último dia 3 de Dezembro, assistir ao espetáculo no Teatro Silogeu, em Vitória de Santo Antão. Com Samuca sentado sozinho no palco enquanto ouvimos um trecho da Opus 17, de Robert Schumann – uma canção que Renato ouvia com muita frequência em seus últimos dias de vida – o espetáculo começa simples, mas logo prova ser não apenas um show, e sim uma aula sobre quem era Renato Russo.

Samuca é extremamente talentoso, tocando e cantando músicas como Que País é Esse?, Faroeste Cabloco, Tempo Perdido, entre outros sucessos da Legião Urbana. Durante todo o show, temos vídeos sendo projetados ao fundo para ilustrar as canções e os sentimentos que estão impressos em suas letras. Quando não está tocando ou cantando, ele nos fala um pouco sobre os pensamentos, a vida e as influências de Renato Russo.

O ator tem uma clara admiração por Renato Russo e fica visivelmente emocionado enquanto realiza o espetáculo. São aproximadamente 80 minutos em que o público é convidado a compartilhar esses sentimentos, com bastante nostalgia. Ao término do espetáculo, Samuca recebe todos do público para fotografias e todos parecem sair do teatro com um espírito renovado.

O próximo show do Cronovisor será realizado em João Pessoa, dia 10 de dezembro no teatro Ednaldo Egypto. Mais informações sobre o espetáculo, o artista, ou sobre apresentações futuras, basta acessar o site do Cronovisor: http://www.cronovisor.com.br/

Leia mais sobre Eventos e Música

Compartilhe: