A crise dos vinte e poucos anos!

A crise dos vinte e poucos anos!

Tem uma fase da nossa vida em que mudamos sem perceber, começamos a nos dar conta de que o círculo de amigos é muito menor do que há alguns anos, do quão difícil é encontrar seus poucos amigos, organizar horários por questões de trabalho, estudo, namoro e etc! Com o tempo, cada vez menos podemos desfrutar daquela cervejinha que sempre serve como desculpa para bater um papo com o amigo que tanto amamos. As multidões já não são tão divertidas quanto antes e, às vezes, incomodam muito!

O problema verdadeiro rola quando percebemos que alguns eram verdadeiros amigos e que outros não eram tão especiais assim, depois de tudo. Rimos com mais vontade, mas choramos com menos lágrimas e mais dor. Parece que todos que conhecemos já estão namorando há anos e alguns começam a se casar – isso assusta! Saímos três vezes por final de semana e conseguimos ficar esgotados – o que significa que estamos gastando muito dinheiro para nosso pequeno salário. Olhamos para o nosso trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensávamos em fazer – ou, talvez, estejamos procurando algum trabalho que comece de baixo, por isso, acabamos ficando com medo.

vinte e poucos anos

Dia após dia, começamos a nos entender, concluímos aquela dúvida do que queremos e do que não queremos. Nossas opiniões se tornam mais fortes, começamos a nos importar com o que os outros estão fazendo e passamos a julgar um pouco mais do que o normal. Nos preocupamos com o futuro, empréstimos, dinheiro e tudo mais. Construir uma vida, uma carreira, uma vida completa.

vinte anos

Talvez você não se dê conta, mas todos que lemos esse texto nos identificamos de alguma forma. Todos nós que temos ou tivemos vinte e poucos anos, gostaríamos de voltar aos 15 ou 17 algumas vezes. Parece ser um lugar instável demais, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça… De fato, parece que foi ontem que vivi isso tudo…

Arthecia Ferreira
por

Arthecia Ferreira

Fã incondicional dos Simpsons, só tenho Iron Maiden na playlist, incluindo meus dois álbuns favoritos, que são: The Final Frontier e The Boook of Soul! Sou a favor de Pizza hoje, Pizza amanhã, Pizza sempre!

Recomendamos para você