TÍTULO: Clube dos Herdeiros

AUTOR: Fabiana Madruga

EDITORA: Draco

PÁGINAS: 135

ANO: 2015

GÊNERO: Romance

COMPRE O LIVRO AQUI

SINOPSE

Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!).

Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum.

O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas… mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira…O livro conta a história de Manuela, Helena, Guilherme e Henrique, quatro adolescente que nasceram em berço de ouro e que fazem parte do clã que representa a nova aristocracia carioca – o Clube dos Herdeiros.

Mas não se engane, a vida deles não é tão perfeita assim. Em meio de intrigas, festas, traição e muita bebida! Uns dizem que vocie pode se apaixonar pelos personagens e ter raiva de outros. E que você pode mudar o seu conceito com muitos outros, não se engane. Eles podem ser ricos, mas até as estrelas não possuem seu brilho eterno.

Algumas pessoas ao ler a sinopse, identificaram como uma possível versão brasileira do livro que se tornou um seriado de bastante sucesso na televisão americana: Gossip Girl.

Fabiana se defendeu: “Eu acho que lendo a sinopse, pode ser que surja essa impressão sim. E não seria injusta! (risos) Mas quem ler o livro vai ver que os personagens são muito diferentes, muito próprios. E o fato da história ser carioca dá uma personalidade diferente a ela. O Rio é personagem de O Clube dos Herdeiros como NY era personagem de Gossip Girl!” e ainda acrescentou.

“Mas a Cecily foi uma das minhas maiores inspirações. Mais como tema do que como forma de escrever. Isso influencia bastante. Mas sabe quem também me inspirou muito? Clarice Lispector, em um livro que li quando pequena chamado “A mulher que matou os peixes”. Ela falava direto com o leitor, isso me impressionou muito. Se tornou uma marca minha também. E, outra: parecer com Gossip Girl não é nada ruim pra mim! (risos) acho um elogio.”

O que a Fabi espera do livro:

“O que eu espero? Eu fico muito ansiosa para ver a identificação das pessoas com ele. Hoje meu grupo de Beta tem em torno de 15 pessoas. E cada uma tem uma visão muito diferente! Umas amam um personagem que outras detestam, defendem um lado, condenam o outro, adoram uma cena que eu nem achei tão legal ou nem dão bola pra um detalhe que eu amei…enfim, eu amo o fato do livro ter vida própria! O que eu quero é isso, que cada um tenha um ‘Clube dos Herdeiros’ pessoal.”