O livro Cinquenta tons de cinza da autora E.L. James, foi um recorde de vendas entre 2012/2013, mas qual será segredo do sucesso avassalador deste livro? Para os que não sabem, Cinquenta tons de cinza é uma fanfic do livro Crepúsculo da Stephenie Meyer. A fanfic inicialmente era apenas uma homenagem ao casal Edward Cullen e Bella Swan, mas as fãs da trama vampiresca abraçaram e o livro se tornou independente.

Algumas mudanças foram feitas, como no nome do casal. E.L James nos apresenta Christian Grey, lindo, sedutor e rico em uma versão de Edward, entretanto os segredos Sombrios de Grey são peculiares quando comparados aos do Vampiro. A versão de Bella tem o nome de Anastasia Steele uma jovem virgem de 21 anos, atrapalhada, descoordenada e bonita que esta se formando em Jornalismo.  Diferente do Romance de vampiro, 50 tons é uma fantasia Pervertida da relação super aguçada entre Bella e Edward.

cinquenta tons de cinza

No Primeiro capitulo a autora já consegue mostrar o que pode se esperar do livro, Anastásia ao primeiro contato com o magnata sente-se atraída por ele e no decorrer do livro vai surgindo um despertar sexual nos personagens. O livro trata de um romance erótico, vai por mim, nenhuma palavra o define melhor do que Submissão – somos apresentados ao mundo do Sadomasoquismo.

Apesar do livro não ter uma faixa etária e um publico alvo determinados, muitas mulheres se identificam com a mocinha e sua ingenuidade. Outra parte que chama muita atenção é a de seu ego sexual – que ela chama de Deusa Interior – este que se sente atraído pelo Grey. Cinquenta Tons de Cinza recebeu muitas críticas por ser considerado um livro pornográfico, mas apesar de tudo, ele continua nas primeiras prateiras das livrarias e no top top de compras no mundo todo.