Quando os cinemas voltarem a abrir, algumas mudanças podem ser encontradas já na bilheteria. A Ancine (Agência Nacional do Cinema) abriu uma consulta pública sobre a obrigatoriedade legal da meia-entrada para os ingressos de cinema. Tudo isso porque a venda total de ingressos vem sofrendo uma queda brusca nos últimos meses antes da pandemia. O prejuízo vem sendo tão alto que o Ministério da Economia investiga a possibilidade de acabar com a meia-entrada nos cinemas.

De acordo com a revista Exame, a procura dos cinéfilos pela meia-entrada está em queda. Ainda que em 2019  mais de 80% dos ingressos vendidos tenham sido com o preço de meia-entrada, o recurso já não é mais utilizado como antes. Atualmente o Brasil é o único país no mundo que institui a obrigação da meia-entrada por lei.

A decisão pela permanência da meia-entrada está aberta ao público até o dia 13 de agosto. A partir daí, o Ministério da Economia irá se reunir e decidir se os cinemas continuarão ou não com a venda de ingressos pela metade do preço.

Você é contra ou a favor da permanência da meia-entrada nos cinemas?

LEIA MAIS SOBRE CINEMA