É sério, não estou de brincadeira. Coloquei de lado o preconceito que havia nascido dentro de mim, abandonei as imagens mentais de The Walking Dead e fui, com cara e coragem ao cinema assistir Meu namorado é um zumbi. E o pior vocês não sabem, em determinado momento do filme, eu realmente me peguei torcendo pelo amor do zumbi e da menina indefesa – what’s wrong with me?

 

O trailer, que eu já havia postado por aqui, não consegue prender a atenção de quase ninguém – pelo menos não daqueles que nunca tinham ouvido falar na história. Um zumbi que se apaixona por uma menina normal? Ok, a primeira coisa que vem em nossa mente é que exageraram agora, vampiros e lobisomens tudo bem, mas zumbi?

 

namorado zumbi imagem

 

A história começa de forma engraçada, muita informação e meio desconexa. Confesso que eu gargalhei no cinema e só me vinha a seguinte frase na mente: “o que eu estou fazendo aqui?”. Mas assim, a história vai te comprando. Os personagens (caricatas e exagerados) também vão te conquistando. E quando você percebe, você está torcendo pelo zumbi, acreditando que tudo vai dar certo e achando que a mocinha tem mesmo que lutar por seu amor. What???? Pois é… É exatamente isso que o filme faz com você.

 

Outra coisa que eu acho que faz parte do “bololô positivo” do filme é a quantidade de referência a outras histórias que já conhecemos. A referência imediata (principalmente devido à história central) a Crepúsculo compra todos os adolescentes e fãs da saga, ok; Existe um tipo de zumbi no filme, os chamados esqueléticos, que são realmente maus, eles são inimigos inclusive do nosso zumbizinho alegre. Aliás, isso é uma coisa importante a ser dita, o nosso zumbizinho alegre faz parte de um grupo de zumbis que coloca muito medo nos humanos ainda “bons de saúde”, mas que, na verdade, são até bem bonzinhos.

 

namorado zumbi

 

O resumão do filme fica por conta de cada um de vocês, não vou fazer aqui não porque quero apenas indicá-lo e não estragar a surpresa né? Mas vai por mim, se você tem algum preconceito contra histórias pseudo-terrorísticas-românticas, coloque-o de lado e vá ao cinema. O filme é bom, no final das contas. 😉

 

Perfil Coxinha

Coxinha Nerd

Diz para mim: Você seria capaz de se apaixonar por um zumbi?
A favor dos nerds e contra a tirania dos Kibes.
Facebook | Twitter

Compartilhe: