MORTE E RESSURREIÇÃO: “A SENHORA CORAÇÃO DE PEDRA”

O autor George R. R. Martin, normalmente não costuma criticar abertamente a adaptação televisiva feita pela Hbo, no entanto, as vezes ele deixa escapar uma ou outra observação controversa que acaba deixando os fãs agitados, como por exemplo, o fato dele dizer que seu maior desgosto com a série, é o fato da personagem “Senhora Coração de Pedra” ter sido cortada do enredo da atração televisiva, pois acha sua trama uma das mais importantes para o desenrolar de seus livros.

Partindo desse ponto de vista, trago a vocês, detalhes dos livros das “Crônicas de Gelo e Fogo” para com o enredo dessa personagem não adaptada a série, que nada mais é do que a própria Catelyn Stark ressuscitada através de um “ritual de fogo”.

Espera ai! Como assim ressuscitada?

É… Coleguinhas, a famosa Catelyn Tully-Stark esta “vivinha da silva” no enredo dos livros, como uma “Zumbi de Fogo”. *mas calma que eu explico certinho como é que isso funciona mais a frente.

Como vimos no post anterior: CLIQUE AQUI! Catelyn Stark morreu durante os eventos do “Casamento Vermelho”: Cat a princípio serie levada como refém junto a casa Frey, porém, diante da morte do filho, enlouquecida pela dor, ela fere seu rosto com as unhas e devido a esse “ataque de loucura”, Raymund Frey recebe a autorização de Lorde Walder para que degole a mulher e a silencie de uma vez por todas.

Depois de um dia e uma noite, num ato claro de zombaria aos rituais fúnebres da Casa Tully, o corpo de Catelyn é despido e jogado nú nas águas do rio “Verde”, afinal ela é uma Tully e como um peixe, deve apodrecer nas águas das “Terras Fluviais”. *crueldade Frey nível hard o.O.

CURIOSIDADE 1: os funerais da Casa Tully são feitos deixando uma pequena embarcação, belamente ornamentada, com o corpo devidamente acomodado e honrado a seu centro, em seguida permite-se que a embarcação siga o curso do rio, até ser atingido por uma flecha em chamas, comumente disparada pelo herdeiro do falecido ou um familiar mais próximo.

Três dias depois, a loba Nymeria, sente o cheiro do corpo de Catelyn e a resgata das águas do rio, levando-a para a margem seca, no entanto, ao escutar a aproximação de “humanos” a “loba gigante” se afasta para dentro da mata fechada.

*sim, é a loba gigante de Arya Stark, viva e forte e nesse momento, a própria Arya esta tendo um dos seus “Sonhos de Lobo”, ou seja, ela esta dentro da loba, portanto, é como se ela própria tivesse resgatado o corpo da mãe:

“Naquela noite adormeceu pensando na mãe e perguntando a si mesma se deveria matar Cão de Caça enquanto dormia e salvar ela mesma a Senhora Catelyn. Quando fechou os olhos, viu o rosto da mãe na parte de dentro das pálpebras. Ela está tão perto que quase conseguiria cheirá-la… e então conseguiu cheirá-la. O odor era tênue sob os outros cheiros, sob o musgo, a lama e a água e o fedor de juncos e homens em putrefação(…) Chapinhou ruidosamente pelos baixios e atirou-se em águas mais profundas, batendo as patas. A correnteza era forte, mas ela era mais. Nadou, seguindo seu nariz. Os cheiros do rio eram ricos e úmidos, mas não eram esses que a atraiam. Nadou atrás do vivo sussurro rubro do sangue frio, do fedor enfatizaste e doce da morte. Por fim apanhou-os e suas mandíbulas fecharam-se em volta de um braço pálido. Sacudiu-o para obrigá-lo a se mexer, mas havia apenas morte e sangue em sua boca. Começava a se cansar, e foi com dificuldade que puxou o cadáver para a terra.” 

George R. R. Martin.

PG. 634-635. Cap. Arya , LIVROS 3: A Tormenta de Espadas.

Os humanos eram integrantes da “Irmandade sem Bandeira”, um grupo liderado por Beric Dondarrion “O Relâmpago”, que tem como objetivo, ajudar os inocentes camponeses que vivem em meia à guerra.

CURIOSIDADE 2: Beric Dondarion é conhecido no enredo por ter morrido várias e varias vezes e ter voltado a vida com a ajuda de Thoros de Myr, um “Sacerdote Vermelho” da religião que cultua o deus “R’hllor”, a mesma religião de Melissandre. *cada vez que ele voltava do pós-vida, Beric vai perdendo um pouco de si mesmo no caminho, isso ocorre porque sua visita ao mundo “sem sol” são breves, sendo assim, a perda de personalidade ocorre de forma gradativa e consciente da parte dele.

Ao se depararem com o corpo de Catelyn, Harwin e Beric pediram a ajuda do sacerdote Thoros de Myr, para realizam o ritual fúnebre chamado de “O Ultimo Beijo”, porem, o sacerdote se recusou dizendo que havia passado tempo de mais e não era recomendado tal ato; Beric então toma a decisão dele próprio trazê-la a vida, colocou seus lábios nos lábios de Cat e “seu fogo”, passou para dentro dela, Lady Cat acorda enquanto Beric a beijava, que para que Catelyn viva, tem sua vida levada pra sempre, nasce assim a “Lady Stoneheart”: Senhora Coração de Pedra.

“O relâmpago aparece e desaparece, e depois não volta a ser visto. Acontece o mesmo com os homens.Temo que o fogo de Lorde Beric tenha desaparecido deste mundo. Em seu lugar liderar-nos uma sombra mais ameaçadora”. 

George R. R. Martin.

pg. 508. Cap. Brienne, LIVRO 4: O Festim dos Corvos.

Catelyn retorna a vida, porem, muito diferente da mulher que ficou conhecida como a “Lady de Winterfell”.

Amargurada, violenta e vingativa, “Senhora Coração de Pedra” assume a liderança da “Irmandade sem Bandeira”.

A “Senhora Coração de Pedra” tem a pele muito branca, quase similar a “leite coalho” devido a seu corpo ter ficado em contato com a água durante três dias de putrefação; em sua cabeça existe alguns lugares sem tufos de cabelo, provavelmente devido a força com que sua cabeça foi puxada antes de der degolada; os fios de seu cabelo, anteriormente um vermelho muito vivo, deram lugar a fios acinzentados, quase brancos em algumas áreas;  nos rosto ela carrega as linhas de suas unhas, que num ato de loucura, causou a si mesma, ao ver seu filho primogênito Robb ser morto; em sua garganta ela mantém um profundo corte que vai de orelha a orelha, que não cicatriza nunca e que a impede de falar, porem, quando necessário, ela fecha a ferida com as mãos e resmunga algumas palavras com dificuldade. *Como as feridas de Catelyn não cicatrizam, sua garganta cortada permanece amostra e putrefaça, porem, sem nenhum odor; ela não fala, não come ou bebe e anda sempre nas mãos a coroa de bronze que pertenceu a seu filho Robb Stark.

“Uma mesa de montar tinha sido montada do outro lado da gruta, numa fenda na rocha. Por trás dela encontrava-se sentada uma mulher toda vestida de cinza, com manto e um capuz. Tinha nas mãos uma coroa, um aro de bronze rodeado de espadas de ferro… “Senhora Coração de Pedra” abaixou o capuz e desenrolou o cachecol de lã cinzenta que lhe cobria o rosto. Seus cabelos estavam secos e quebradiços, brancos como osso. A testa salpicada de verde e cinza, manchada com os rebentos marrons da putrefação… ‘O rosto dela’, Brienne pensou.O rosto dela era tão forte e bonito, sua pele era tão lisa e macia’. _ Senhora Catelyn? _ lágrimas encheram-lhe os olhos. _ Disseram… Disseram que estava morta… – E está _ Thoros de Myr interveio _ Os Frey rasgaram sua garganta de orelha a orelha. Quando a encontramos junto ao rio, estava morta havia três dias. Harwin suplicou-me que lhe desse o beijo da vida, mas tinha se passado tempo demais. Não quis fazê-lo, por isso Lorde Beric pôs os lábios sobre os dela, e a chama de vida passou dele para ela. E… ela se ergueu. Que o Senhor da Luz nos proteja. Ela se ergueu.” 

George R. R. Martin.

pg 511 a 513. Cap. Brienne , LIVRO 4: O Festim dos Corvos.

Motivada pela vingança pelos acontecimentos que levou a morte de sua família, “Senhora Coração de Pedra” ganha à liderança da “Irmandade sem Bandeira”, boa parte, mais por medo, do que por lealdade, sendo assim, os seus colaboradores passam a agir impiedosamente com todo e qualquer partidário das casas: Frey, Lannister e Bolton.

*Cat passa a enforcar todo e qualquer homem associado com os Freys, Boltons ou Lannisters, mesmo que eles não tenham nada a ver com o “Casamento Vermelho”, incluindo jovens e crianças.

No livro “O Festim dos Corvos” a noticia de uma mulher encapuzada e que mata sem piedade, corre solto por Westeros e alguns a chamam de “A irmã Silenciosa”, “A Impiedosa” ou de “A Carrasca”.

Nesse período Brienne de Tarth encontra com a irmandade e fica chocada ao reconhecer Catelyn como a líder, da agora sombria “Irmandade sem Bandeira”.

Brienne informa que esta a procura de Sansa Stark, para cumprir a promessa de Jaime Lannister de devolver a menina a seu lar.

Nesse encontro, Thoros de Myr diz que a irmandade não é mais a mesma e que por Brienne carregar uma espada com o símbolo de um “leão”, feita do aço valíriano da espada “Gelo” que pertenceu a Ned Stark, sendo assim, a “Senhora Coração de Pedra” terá dificuldades em crer em sua lealdade.

Briene jura que sua fidelidade esta com Cat, porem, a “Senhora Coração de Pedra” exige uma “prova” e pede a morte de Jaime Lannister.

Quando Brienne recusa, afirmando que Jaime mudou, Cat informa a sua maneira, que ela deve escolher: matar Jaime ou morrer enforcada ali e agora.

Diente de sua hesitação, Brienne é levada e forçada a ver seu escudeiro Podrick Payne, que já havia sido julgado culpado por ter sido aliado da “Casa Lannister” e condenado a morrer ao lado de Brienne via enforcamento: ela vê o jovem se debater enquanto morre. *pelo menos da a entender que ele morre.

Em desespero ela grita: “uma palavra” assim que sente a corda arder alucinantemente em sua garganta e seu capitulo termina assim, sem sabermos se Brienne vive ou não. *bem diferente do que vimos no enredo de Brienne abordado na série nao é mesmo!!!

George R. R. Martin, tem por “costume” liberar alguns capítulos inéditos do sexto livro intitulado como “Ventos de Inverno” diretamente em seu Blog, no entanto, nenhum ate o momento relata algo extra sobre a “Senhora Coração de Pedra” e o destino de Brienne.

Ao ser questionado sobre elas, ele apenas informa que o melhor tem que ser guardado a “sete chaves” ate o lançamento oficial do livro.

Porem, quando questionado sobre o que exatamente eram  Beric Dondarion e a Senhora Coração de Pedra, ele disse que esses personagens eram “Zumbis de Fogo”: diferentemente dos “Zumbis de Gelo” com seus olhos brilhantes e obediência cega a seus mestres “Caminhantes Brancos”, um “Zumbi de Fogo” é um ser consciente e portanto, capaz de tomar decisões por conta própria.

Os Zumbis de Fogo, não comem e não bebem e suas necessidades fisiológicas são zero, bem como não geram fluidos.

Em uma análise teorista, podemos dizer que um “Zumbi de Fogo” são mortos reanimados pelo “Deus Vermelho R”hollor” para que esses indivíduos ajam em favor de algum propósito maior do que revelado ate o momento, no entanto, Martin ainda acrescentou que devido aos vários dias em que Catelyn esteve no “mundo sem sol” sua personalidade se alterou drasticamente, focando unica e exclusivamente nos momentos finais de sua vida e na tragedia do “Casamento Vermelho”. *ahhhhh Martin seu malandro… Esse homem sabe muito como fazer o MKT de seus livros.

Sendo assim, é natural que o sacerdote Thoros de Myr diga a Brienne que desde que a Senhora Coração de Pedra assumiu o comando da “Irmandade” ele não sente mais que esteja realizando a chamada “Justiça”, dando a entender que segue Cat “zumbizona” mais por medo, do que por achar que ela esteja correta em suas ações.

Eita que a ansiedade só cresce kkk o/ Espero que tenham gostado… bjos fui!

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ:

Compartilhe: