De acordo com o Deadline, J.K. Rowling, Margaret Atwood e outros 150 escritores, além de ativistas e acadêmicos assinaram uma carta aberta contra a cultura do cancelamento.

O Manifesto intitulado “A Letter on Justice and Open Debate” foi publicado pela pela Haper´s Magazine e você consegue lê-lo na íntegra aqui.

Um trecho diz:

“Como escritores precisamos de uma cultura que nos dê espaço para experimentações, chances de tomar riscos e até cometer erros. Precisamos preservar a possibilidade de uma discordância de boa fé, sem consequências profissionais terríveis”.

Em outro podemos ler “A restrição do debate, seja por um governo repressivo ou por uma sociedade intolerante, prejudica invariavelmente aqueles que não têm poder e torna todos menos capazes de participação democrática. A maneira de derrotar as más idéias é pela exposição, discussão e persuasão, não tentando silenciá-las ou desejá-las embora ”.

Vale muito a leitura e a reflexão sobre o texto.

LEIA MAIS SOBRE MUNDO