Promovido pela Copag, campeonato ocorreu esse final de semana, em São Paulo, com 422 inscritos. Brasil permanece como segundo maior Nacional do Mundo, referente ao número de jogadores, comparado a mais de 30 países.

A Copag – pioneira na distribuição e produção de card games no Brasil -, comemora os resultados do Campeonato Nacional de Pokémon 2016, promovido pela companhia, que ocorreu nesse final de semana, na capital paulista. A edição deste ano contou com 422 inscritos, de várias localidades do Brasil, como São Paulo, Manaus, Fortaleza, Goiânia, interior paulista, Salvador, Rio de Janeiro, entre outras.

As partidas foram bem competitivas e, segundo Fernando Carvalho, coordenador de Projetos Especiais da Copag, o número da categoria Junior dobrou. “Saber que essa categoria aumenta a cada ano é extremamente gratificante para a Copag. Esse público é o responsável por dar continuidade ao Pokémon Trading Card Game e perpetuar esse universo dos jogos colecionáveis. Vemos que o jogo off-line une as famílias e promove a sociabilidade. No Campeonato temos pais que acompanham os filhos e familiares que chegam para torcer pelos competidores. Um universo incrível que conta com mais fãs a cada ano”, comemora Carvalho.

Na categoria Master, o vencedor foi Raphael Branco, de São Paulo. Na Sênior, o primeiro lugar ficou para Patrick de Souza, de São José dos Campos (SP), e no Junior quem levou foi Matheus Rocha, de Goiás. A Copag premiou os ganhadores com uma passagem para o Mundial, que acontece em agosto, em São Francisco (EUA), entre os dias 19 a 21 de Agosto. O segundo lugar foi contemplado com um vale compras no valor de R$ 800,00 (oitocentos reais) na loja Virtual da Copag além de um set completo de cada uma das coleções: XY – Crise Dupla; XY – Céus Estrondosos; XY – Origens Ancestrais; XY – TURBO Revolução; XY – TURBO Colisão; e quatro booster box da próxima coleção (XY 10) em português assim que a mesma for lançada pela Copag.

Campeonato Nacional de Pokémon Copag

Foto: Patrick de Souza, campeão da categoria Sênior

A meta para o Nacional no ano que vem é aumentar em 20% o número de inscritos. “Queremos aumentar nossa cadeia de distribuição e pontos de venda de diversos produtos da marca Pokémon. Já fizemos isso desde o ano passado e o resultado foi muito positivo. A estratégia continuará para ganharmos adeptos cada vez mais”, afirma o executivo da Copag. O Campeonato reuniu participantes de diversas faixas etárias, divididos por categorias: Junior (nascidos em 2005 ou depois), Sênior (nascidos em 2001, 2002, 2003 e 2004) e Master (nascidos em 2000 ou antes). Durante o Nacional houve o Professor Cup South America – Torneio apenas para os juízes de Pokémon, em que Lucas Cunha ganhou, conhecido como Tiu Sam.

Campeonato Nacional de Pokemon

Pokémon e o card game

A Copag iniciou a parceria com a Pokémon Company International em 2011, para fabricação e distribuição dos cards. A primeira coleção foi a expansão “Diamante & Pérola, Maravilhas Secretas”. O jogo já fazia sucesso e cresceu ainda mais entre os brasileiros, seguindo o mesmo caminho dos jogadores internacionais. Hoje, a Copag já está na 22ª expansão da série Pokémon e parte para o quinto campeonato nacional. “O Campeonato Nacional é um grande acontecimento para os fãs do TCG e ainda possibilita a realização de um grande sonho: concorrer para participar no Campeonato Mundial de Pokémon. A Copag vem investindo mais a cada ano e esperamos proporcionar uma ótima experiência para os jogadores”, afirma Fernando Carvalho, coordenador de Projetos Especiais da Copag.

O Card Game Pokémon (TCG), é um dos jogos de cartas colecionáveis mais vendidos de todos os tempos. Lançado em 1996, no Japão, o card game está presente em mais de 73 países e conta com quatro novas expansões anuais.

LEIA TAMBÉM:

CAPITÃO AMÉRICA: ACABOU A REFERÊNCIA?

5 ANIMES PARA VOCÊ CURTIR NA NETFLIX

CONFIRMADO NOVO MARY POPPINS EM 2018

#DICADELIVRO – TÁ TODO MUNDO MAL DA JOUT JOUT