Recentemente, a autora americana Virginia Boecker resolveu tirar um período sabático e mudou-se para Londres, onde morou por quatro anos. Foi quando ela desenvolveu uma verdadeira obsessão pela Inglaterra medieval: pesquisou muito, visitou locais históricos, procurou experiências interativas que a mostrassem como era a vida na época.

Quando voltou aos EUA, a fixação acabou servindo de estímulo para que ela escrevesse seu primeiro livro. Em A caçadora de bruxos, Boecker se inspira em elementos reais para criar uma trama que mistura fantasia, magia, intrigas políticas, corrupção e disputa pelo poder.

O enredo se passa num reino onde a magia é reprimida – e feiticeiros rebeldes são capturados e mortos pelo governo. Elizabeth Grey é uma das melhores caçadoras de bruxos do rei. Até o dia em que, inexplicavelmente, faz algo de que apenas bruxos são capazes. Sem perdão, ela é presa e trancada num calabouço, e a salvação vem de onde Elizabeth menos espera: Nicholas Perevil, um de seus arqui-inimigos e o mago mais procurado do reino, a resgata em troca de um favor.

Agora, a protagonista precisará ficar ao lado das pessoas que sempre perseguiu. E isso vai mudar sua percepção sobre o reino, principalmente quando ela mergulhar nas intrigas e conspirações que envolvem seus antigos aliados.

a caçadora de bruxos

Gostou do livro? Compre ele aqui!

Se você gosta de conteúdos sobre livros e leitura, siga a gente no Instagram e acompanhe pela hashtag #CoxinhaBooks – postamos dicas todos os dias por lá!

LEIA TAMBÉM:

A TRILOGIA SHIVA

OS VIVOS E OS MORTOS

DOCTOR WHO CIDADE DA MORTE

VERSÃO BRASILEIRA HERBERT RICHARDS

Compartilhe: