Buscapé x Google!

-por , em 22/12 -
Bom dia Coxinhos, tudo bem? Olha que curioso, você acessa os jornais virtuais para ler as principais notícias desta manhã [mais ou menos como seus avós faziam sentadinhos em suas varandas com uma caneca de café quentinho e um jornal impresso em mãos] e o que você visualiza? Uma notícia, aliás, mais uma notícia sobre como o mundo dos negócios ainda não está preparado para viver a evolução que eles mesmos conquistaram. [What????? Calma, eu tô explicando…].

Pois é, aparentemente, o dono do site Buscapé resolveu acordar com o pé esquerdo um dia desses e simplesmente comprou briga com a Google na justiça! [Isso sim é TPM]. Na verdade, sendo só um pouquinho mais justa, o caso aconteceu porque a gigante Google resolveu lançar aqui no Brasil, mais precisamente em setembro deste ano, um serviço nomeado Google Shopping. Este serviço tem funcionamento similar ao Buscapé e Bondfaro. [Mas daí as pessoas pensam: Ah cara, e o que isso tem a ver? Considerando que concorrência é uma coisa normal no mercado comercial há zilhões de anos? Calma, eu ainda estou explicando as coisasss].
Bom, o que aconteceu é que a galera do Buscapé resolveu ficar desconfiada da veracidade do resultado que o Google estava oferecendo aos usuários quando estes procuravam sites que oferecem serviço de comparação de valores. [Explicando mais ainda] Todo mundo sabe que o Google tem um sistema todo cheio de #mimimi para busca e apresentação de resultados de conteúdo. Não adianta discutir, é serviço da empresa ué! O que o cara do Buscapé estava reclamando ao Ministério da Justiça era exatamente o seguinte:
“Vamos mostrar que o mercado está sendo prejudicado por práticas discriminatórias”, palavras do vice-presidente de operações do Buscapé, Rodrigo Borer.
[Vamos explicar de uma forma mais “ser-humano normal”. Imaginem amigos leitores que você tem sua casa, seu quarto e sua cama em que você dorme com sua esposa ou seu marido. Chegam visitas em sua casa e você oferece sua cama para que eles durmam. Só que as visitas resolvem voltar mensalmente e toda vez você prioriza o conforto deles e não o seu. É correto? Fica a critério de vocês decidir, não nos cabe julgar! É exatamente a mesma história. O Google é o maior buscador do mundo inteiro e oferece alguns serviços específicos aos seus usuários. Se eles possuem um serviço semelhante ao do Buscapé, eles podem querer priorizar o seu próprio serviço em uma busca e colocar os tais Buscapé e Bondfaro para segundo e terceiro lugar. É justo? Sei lá, mas quem disse que o mercado comercial e a guerra de concorrência são coisas justas??]
 
Continuando…Duas queixas foram feitas na realidade. A primeira, é em relação ao resultado que o Google Shopping obtém nas buscas no Google. “Sabemos que quando a empresa lançou este novo serviço, privilegiou a posição do Google Shopping em detrimento dos outros sites” [até aí não estou vendo aberração alguma]. Borer ainda complementa que o Buscapé pode provar tecnicamente que os resultados das buscas no Google são “artificiais e manipulados”.
 
[Querem mais um exemplo? Se você buscar por “Nerd” no Google, terão em segundo lugar a galera do Jovem Nerd. Eu, uma mera Coxinha Nerd com menos de 1 ano no mercado Blogueiro vou perder meu tempo ficando enfezada que meu site não aparece antes do Jovem Nerd? Vejam a grandiosidade deles e o tamanico do meu. É uma questão de olhar para si mesmo e para seu concorrente direto e perceber a diferença clara que existe entre vocês. Chorar só vai atrasar seu sucesso. Mas aí vocês gritam para mim: Ahhh, nada a ver…o Buscapé está no mercado há muito mais tempo que o Google Shopping, merecia aparecer na frente…Será? Quem sabe o Google Shopping não conseguiu superar o Buscapé em pouquíssimo tempo? Em se tratando de Google eu juro que não duvido de NADA].
A outra reclamação, um pouquinho mais polêmica é que o Google Shopping aparece visualmente “diferente” de todos os outros links para sites da concorrência, com imagem dos produtos, estrelas e valores apresentados ainda na página de busca. “O Google é monopolista nas buscas na internet e temos provas de que a empresa privilegia seus produtos em detrimento ao algoritmo usado para a concorrência” [Juro que ainda não consegui achar isso errado, mas sei lá né? Cada um pode ter uma opinião à respeito desse tema…]
 
O melhor de tudo é ver uma declaração da Buscapé no final das contas dizendo que “A concorrência é bem vinda” [kkkkkkkk…tá de “saca” né?]
Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você