Imagine a internet sem o Google, por exemplo? Como o pessoal de antigamente fazia buscas na internet? Aqui no Brasil a internet chegou em 1987 e inicialmente somente instituições de pesquisa e ensino tinham acesso à rede. As nossas instituições se conectavam a outras instituições estrangeiras dos EUA via rede da Embratel. A partir disso, a rede nacional foi evoluindo, devido a uma grande necessidade de inter-conexão entre as universidades nacionais.

 

Foram criados então, os backbones nacionais, a RNP (Rede nacional de ensino e pesquisa) que fornecia conectividade IP em termos comerciais extremamente competitivos em todos os estados do país e uma reestruturação completa da infra-estrutura necessária para suportar o crescimento da internet no país.

 

Em 1995 a internet foi aberta para uso comercial e, desde então, só cresceu, se popularizou e se tornou o principal meio de comunicação do país e do mundo. Pensando nesse histórico, selecionei os principais sites acessados desde 1996 (que foi quando realmente a coisa engrenou) e vou colocar aqui (alguns de vocês nem devem ter ouvido falar em alguns deles).

 

Quem tem mais de 21 anos ou começou a acessar a internet a partir de 1996 se sentirá velho depois dessa lista. Fortes emoções à seguir. Para qualquer eventualidade, deixe o telefone ao seu lado para ligar ao SAMU ou bombeiros, em caso de ataque fulminante de nostalgíste aguda.

 

ALTAVISTA

 

Fundado na cidade de Palo Alto, mesmo berço da HP e da Apple, o buscador pioneiro foi ao ar em 1995. Um ano depois, o serviço virou parceiro do Yahoo! Nos bastidores, a história do Altavista não foi tão fácil. O buscador mais conhecido da época chamava a atenção das grandes empresas. Em 1998 foi comprado pela Compaq.

 

E aí começa a parte triste da história. A página que era “limpa” e simples, por interferência dos novos donos, se transformou em um portal complexo. Mais tarde, o Altavista até voltaria ao visual mais “clean”, mas o estrago já estava feito e ampliado pelo estouro da bolha das empresas.com, que levou o buscador para o buraco e facilitou a vida do Yahoo.

 

lycos

 

Fundado na cidade de Pittsburgh, em 1994, o Lycos atingiu seu ápice em 1999, quando chegou a manter o posto de site mais visitado do mundo. Bem estruturada desde o começo, a empresa usou o sucesso do seu buscador para lucrar com publicidade e adquirir diversas startups promissoras da época (Tripod, AngelFire e MatchMaker.com, para citar as mais conhecidas).

 

Pouco antes de acabar no ano de 2000, a Lycos foi comprada pela Telefônica por 5,4 bilhões de dólares em uma dos derradeiros grandes negócios. Apesar do investimento pesado, a gigante espanhola não soube utilizar bem o Lycos e quatro anos depois vendeu o buscador para uma empresa coreana por apenas 95 milhões de dólares.

 

cade

 

A história do buscador brasileiro que bombou nos tempos das internet discada não é muito diferente das histórias do Lycos e do Altavista. Criado em 1995, o Cadê foi uma das primeiras empresas brasileiras a ganhar dinheiro com a internet. Em 1999, o grupo Starmedia comprou o buscador e… advinha só… o estouro da bolha estragou tudo. Mais tarde, em 2002 o Cadê foi adquirido pelo Yahoo! e acompanhou o portal roxo no seu longo caminho ladeira abaixo.

 

google

 

O Google começou em janeiro de 1996 como um projeto de pesquisa de Larry Page e Sergey Brin, quando ambos eram estudantes dedoutorado na Universidade Stanford, na Califórnia, Estados Unidos. Enquanto os motores de busca convencionais exibiam resultados classificados pela contagem de quantas vezes os termos de busca apareciam na primeira página, os dois teorizaram sobre um sistema melhor que analisava as relações entre os sites.28 Eles chamaram esta nova tecnologia PageRank, onde a relevância de um site era determinada pelo número de páginas, bem como pela importância dessas páginas, que ligavam de volta para o site original.

 

Um pequeno motor de busca chamado “RankDex” da IDD Information Services, projetado por Robin Li, desde 1996, já explorava uma estratégia semelhante para pontuação e classificação de páginas.31 A tecnologia do RankDex seria patenteada e usada mais tarde por Li, quando fundou a Baidu na China.

 

Page e Brin originalmente apelidaram de sua nova ferramenta de busca de “BackRub”, porque o sistema de checava backlinks para estimar a importância de um site. Eventualmente, eles mudaram o nome para o Google, proveniente de um erro ortográfico da palavra “googol”, o número um seguido por cem zeros, que foi criado para indicar a quantidade de informação que o motor de busca podia processar, o nome também reflete a missão de organizar uma quantidade aparentemente infinita de informações na web. Originalmente, o Google funcionou sob o site da Universidade Stanford, com o domínio google.stanford.edu, com os direitos de autor mencionados à universidade no final de sua página à época.

 

O nome de domínio “Google” foi registrado em 15 de setembro de 1997 e a empresa foi constituída em 27 de setembro de 1998. No início, sua sede ficava na garagem de uma amiga (Susan Wojcicki27 ) em Menlo Park, Califórnia. Craig Silverstein, um colega de doutorado estudante em Stanford, foi contratado como o primeiro funcionário. A versão inicial do buscador que viria a se tornar uma das empresas mais influentes do mundo moderno.

 

Perfil Hélida

Hélida Garcia

Curtiu matar saudade?
Facebook | Twitter