A conexão Bluetooth foi inventada em 1994 e de lá pra cá já sofreu diversas mudanças. Hoje é lançada a quinta versão desta tecnologia, prometendo expandi-la ainda mais e fazer seu uso ser muito mais bem aproveitado pelos equipamentos.

Desde a era dos feature phones – celulares antes dos smartphones, que não possuíam os aplicativos, conexão real à internet e etc – utilizamos o bluetooth para transferência de arquivos entre aparelhos próximos. Lembra quando você queria muito aquele ringtone que tinha no Nokia do seu amigo? Então, você utilizava bluetooth para pegar o arquivo.

Com o advento dos smartphones e depois da internet das coisas, a conexão foi sendo aprimorada e recebendo novas funções, ampliamento de área de cobertura e maiores velocidades. Hoje é normal vermos caixas de som que se conectam via bluetooth com seu celular, ou mesmo o controle de seu Playstation ou Xbox – sim, eles utilizam essa tecnologia.

Apesar da popularidade, esse protocolo recebe diversas limitações e críticas por sua baixa velocidade na transferência de dados e sua conectividade limitada, mesmo depois das atualizações. O Bluetooth 5 chega hoje pra mudar esse panorama, pois ele promete o dobro de velocidade e uma área de cobertura muito maior.

Caso as promessas se cumpram e a novidade seja mesmo mais rápida e mais funcional, podemos finalmente ver o bluetooth em todas as nossas coisas. A ideia de internet das coisas – onde todos os seus equipamentos, eletrodomésticos, etc estão conectados – se utilizava principalmente de conexão via wifi, muito por conta das limitações do bluetooth. Mas com a atualização os fabricantes devem repensar essa decisão, já que a novidade tem um consumo de energia bem mais baixo, além de ser mais facilmente configurada.

Até o fim de 2017 quase todos os smartphones e tablets lançados já deverão ter suporte à nova tecnologia. Resta esperar se vingará ou não.

Leia mais sobre Tecnologia

Compartilhe: