Recebidos na Bistro Box de julho!

-por , em 14/08 -
Recebidos na Bistro Box de julho!

Tivemos um contratempo meio cheto nesses últimos tempos e, por isso, tivemos que adiar o lançamento do post de recebidos da BistroBox de julho. Somos apaixonados pela BistoBox e pelos produtinhos gourmet que eles enviam para que possamos criar pratos deliciosos. Mais uma vez nossos vídeos foram atrasados por causa desse mesmo contratempo, mas aqui estamos nós com mais um post mostrando o que recebemos e, já já, desta vez de verdade, publicaremos nosso primeiro vídeo de receitinha feita em parceria com eles. Aposto que, os gourmets de plantão, vão ficar apaixonados por tudo o que veio nessa caixinha. Para maiores informações e assinatura da BistroBox, clique aqui.

Os produtinhos escolhidos para o mês de julho da BistroBox me deixaram com água na boca assim que eu abri, cada coisa mais linda do que a outra. Veja um pouquinho mais sobre as indicações e origens de cada uma das coisas.

Azeitonas

Azeitonas recheadas com limão – Pikolin

Difícil de explicar como essa combinação dá tão certo. Azeitonas espanholas já são saborosíssimas por si só, e com esse recheinho de limão fica inacreditável de bom. Azeitona com limão espremido em cima é delicioso, colocado dentro, se torna ainda melhor. Sirva pura como petisco ou use em pratos que vão azeitonas normais. O limão dá um toque especial. Use no preparo de caponatas, carne moída, couscous paulista, bacalhau, massas, pizzas, etc.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A BISTROBOX

Favas

Favas crocantes

A primeira vez que comi essa delícia foi no Atacama, no Chile. Depois de passear muito pelas paisagens deserticas, quando ninguém aguentava mais de fome, encontramos uma casinha onde uma família servia refeições. Enquanto nossos pratos de lhamas com quinua eram preparados, beliscamos deliciosas favas fritas. É crocante e substancioso, com um sabor salgadinho para completar. Sirva como petiscos ou quebradinhos em cima de sopas ou saladas (como croutons).

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A BISTROBOX

Misso

Missoshiro em pasta – Hinomoto

Tradicional prato japonês, o missoshiro é uma mistura de missô (pasta de soja) com hondashi, que é um tempero de peixe, mas calma, não tem gosto de peixe algum. Como a sopa, ele tem muitas variações. O tradicional é só a mistura da base de missô, tofu, algas e cebolinha fresca, mas também pode ser feito com shitake, ovo, broto de feijão, vieiras e até costela com cebola. Use também como tempero para carne, frango, peixe e legumes.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A BISTROBOX

Risoto

Risoto de Trufa

Também chamadas “diamantes da cozinha” as trufas são um tipo de cogumelo que nasce embaixo da terra, perto das raízes de carvalho e castanheiras. Como são subterrâneas é preciso usar a ajuda de cachorros e às vezes porcos para farejá-las. Por ser um ingrediente selvagem seu preço é altíssimo, e pode chegar a mais de cinco mil dólares o quilo. Seu sabor é forte e peculiar, só mesmo experimentando para saber. Típicas de um microclima muito específico, são encontradas em algumas regiões da França, Espanha, e principalmente da Itália. Aqui no Brasil o jeito mais comum de se utilizar a trufa é como aromatizante natural de manteigas e azeites. Como ela é muito forte basta uma quantidade mínima para se fazer presente o sabor. É servida principalmente com massas, risotos, ovos e queijos. Este risoto é um mix pronto para o preparo, super simples e riquíssimo no sabor da trufa. Você pode servi-lo acompanhando uma carne ou acrescentando cubos de abóbora, sempre finalizando com um bom parmesão.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A BISTROBOX

Vanilla

Fava de baunilha – Valeso

Se a referência que você tem sobre baunilha é daquelas essências falsas e enjoativas, se prepare para conhecer o verdadeiro sabor da baunilha. Para usar abra a fava com a ponta da faca e raspe com as costas da faca um pedacinho das sementinhas de dentro. Elas são milhares e minúsculas, umas lindezinhas. Quando você mistura em alguma coisa vai se impressionar como elas são delicadas, assim como o seu sabor. Por outro lado também é acentuado, basta uma pequena porção para espalhar o sabor pelo prato. Usar em cremes, pudins, bolos , no pote de açúcar para aromatizar ou até para fazer infusão em bebidas alcoólicas.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A BISTROBOX

Refratário de cerâmica utilizado na foto: Ceraflame

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você