Rossoni cria um universo fantástico animalesco protagonizado pelo gato Birman Flint, astuto repórter do Diário do Felino que investiga, ao lado de seu parceiro, Bazzou, um carismático e inteligente, rato, o misterioso assassinato de outro roedor: Karpof Mundongovich. A intensa investigação acerca do crime conta com a contribuição de animais de várias espécies, como o galo detetive Galileu Ponterroaux, o esquilo comissário Esquilovski, embaixador da cidade de Rudânia, o gato Splendorf Gatalho e o pato acadêmico Patovinsky Fabergerisky. Juntos, eles ajudam Flint a elucidar este caso.

Os rastros encontrados por Birman Flint e seu companheiro, Bazzou, são imprecisos e instigam a dupla a intensificar a busca por mais pistas. Os repórteres se veem às voltas com um mistério que envolve a família Ronromanovich, fundadora da dinastia da Rudânia, objetos misteriosos, que estão na mira do suspeito roedor Maquiavel Ratatusk (membro de uma inescrupulosa seita) e um antigo duelo entre dois clãs narrado no diário de um antepassado de ascendência Ronromanovich. Como relacionar todos os elementos ao enigmático assassinato de Karpof Mundongovich?

Confira a leitura desta semana do livro: Birman Flint e o Mistério da Pérola Negra abaixo:

Esperamos que tenham curtido a história, eu fiquei apaixonada pelo livro! 🙂

Clique aqui para comprar o livro!