“Cadê o Megaman”? A BGS (Brasil Game Show) costuma ser o Evento Gamer mais esperado do ano. Todos os produtores de conteúdo e gamers do país ficam ansiosos pela data e, com a possibilidade de conhecer personalidades dos jogos e os novos lançamentos. No dia 08 – um dia dedicado a imprensa – pudemos aproveitar um pouco da BGS  e, vamos contar tudo o que vimos por lá!

É engraçado como a Expo Center Norte, em São Paulo, é um local incrível para esse tipo de evento. Com uma recepção calorosa e atenciosa dos organizadores, logo adentramos no mundo dos games do pavilhão. Começamos nosso tour pelo stand da Nvidia, que nos mostrou a fantástica experiência da realidade virtual. Jogamos e tentamos defender nosso forte em meio a wave de inimigos. Outro ponto forte do stand foram os ultra computadores, que nos proporcionaram testar até mesmo alguns games no máximo de sua performance.

Seguindo o hype e atrativos da feira, tivemos alguns momentos para testar os jogos que estão dominando por aí. Street Fighter V, alias eleito o melhor jogo da feira, Call Of Duty: Black Ops 3, Splinter Cell, Summoners Wars, Metal Gear V: Phantom Pain, Dark Souls 3, Naruto, Destiny, Battlefield, Cuphead, Star Wars: Batllefront, Killer Instinct, entre mais uma porrada de games pra galera apreciar!

Mas também pudemos conferir outras atrações também, nostálgicas como o Museu do Videogame e, uma penca de arcades, com o melhor dos fliperamas que podíamos humilhar nossos amiguinhos! (Estou dormindo no sofá até agora, por ter ganho da Sra. Heavy…) E, todos os free plays da feira foram um xodó a parte. Apesar de ter algumas filas, pude ver alguns exclusivos e testar algumas demos, que sempre são um charme a mais,  como a possibilidade de testar a nova lutadora de Street Fighter e o Battletoads no Killer Instinct.

Um adendo que pode ser colocado nessa parte de jogos: a presença do queridíssimo Yoshinoro Ono, produtor do Street Fighter, para apresentar a nova lutadora brasileira: Laura. Que, apesar de ter um design um pouco forçado na humilde opinião de quem vos escreve, mostra um estilo de jogo interessante e acrescenta mais um lutador das terras brasileiras ao universo das lutas de rua.

Mas nem só de grandes empresas vive a feira. Tivemos também os estandes indies, que estavam lá pra apresentar seus maravilhosos trabalhos. Um que gostaria de dar uma atenção é o Libertem, um game que mistura clima de velhos filmes de detetive e puzzles em primeira pessoa. Acho que vale muito a pena conferir! Deêm  só uma olhada na matéria que o Game Over fez desse incrível jogo:

Em meio aos jogos, um stand que mereceu  muita atenção também, foi o do Youtube. Além de ser um dos lugares mais criativos (porque eles tiveram a ideia G-E-N-I-A-L de levar um escorredor pra fazer a alegria da galera), eles ainda criaram um conteúdo incrível com o Youtube Gaming. Para divulgar a nova plataforma de games, houve uma parceria com os youtubers, colocando-os pra jogar em diferentes streams a cada hora. (Você pode entrar no youtube e procurar todas essas lives fantásticas que estiveram por lá)

E a BGS ainda proporciona a chance de os encontrar na blogosfera/podosfera/gamesfera/qualqueresfera pra bater um papo, tirar uma foto, dando uma atenção e mostrando o quão legais são. Pra não ficar só nas minhas palavras, vamos a galeria de algumas fotos selecionadas pra você conferir um pouco de como foi o evento:

 

Em resumo, a BGS sempre é um evento incrível e, caso você curta games e tecnologia, é um evento fundamental para acompanhar! Muito obrigado a todos os standes e expositores que nos deram um ótimo tratamento e até a próxima.