BETTER CALL SAUL | Crítica do episódio “Mabel” – S03E01!

-por , em 11/04 -
BETTER CALL SAUL | Crítica do episódio “Mabel” – S03E01!

VEJA A NOSSA CRÍTICA DO EPISÓDIO “MABEL” DE BETTER CALL SAUL!

Demorou quase 1 ano, mas Better Call Saul finalmente retornou com a sua tão aguardada e reveladora terceira temporada, até porque quem não está ansioso para rever Gus Fring de volta? Foi o que eu pensei, todos estão estão. Então venha ver a crítica do episódio “Mabel“, que inicia o terceiro ano da produção

ATENÇÃO! Spoilers da primeira e segunda temporada podem estar presentes no texto, então cuidado!

Mabel” inicia continuando uma pequena saga de Jimmy antes de acontecer toda a trama principal em 2002. Após escrever seu nome em uma parede na Season Premiere da temporada passada, vimos Jimmy fazendo seu almoço em um shopping na época em que era gerente de um Cinnabon. A cena termina começando a mostrar o interesse de James pelo direito. Qual será o próximo passo para “Gene”?

O episódio logo segue exatamente onde a temporada passada parou, mostrando inclusive a mesma cena mas de um angulo diferente, e falando em ângulos, essa cinematografia está incrível, mesmo sendo algo notável desde Breaking Bad, as cenas estão sendo cada vez mais encaixadas em quadros fechadinhos com a ação ocorrendo de uma maneira centrada da tela. As cenas mais escuras tem uma luz natural perfeita vindo de pontos bem escalados na tela.

Enfim, continuando a falar da história, algo que já sabemos ao certo é que Charles realmente gravou a confissão de Saul, porém, ninguém sabe ainda o plano dele. Algo muito bem desenvolvido está vindo pela frente, ainda mais porque Ernesto escutou um pouco da fita.

Mike também deu as caras no episódio como já era esperado. A trama do personagem está começando a se expandir de maneira grandiosa, o trabalho de Vince Gilligan está ficando cada vez maior e melhor. Com a chegada de Gus Fring em breve, o plano desenvolvido pelo personagem em “Mabel” será o ponto de ligação entre os primeiros trabalhos dos dois juntos, assim como vimos em Breaking Bad.

Continuando a falar de Mike, a cena do ferro-velho e a cena final do episódio são cenas inesquecíveis para os fãs do universo Better Call Saul-Breaking Bad. Uma melhor que a outra, uma sequência perfeita, ótimas músicas, direção, roteiro, mesmo sendo um pouco lento o episódio trouxe todo o clima que esperávamos.

Kim, Howard e Mesa Vierde fazem pequenas aparições para continuarem suas respectivas histórias dentro do enredo principal, algo pequeno mas que também não fica de fora das principais partes do episódio.

Mabel” é de certa forma um começo lento para a temporada, comparado ao que queremos e iremos ver ao longo do terceiro ano, porém, uma pegada mais lenta era necessário após os últimos episódios que foram de adrenalina total. A expectativa é que os episódios continuem a melhorar, de preferência acelerando um pouco mais a trama, principalmente em relação a personagens já apresentados em Breaking Bad (Os Salamancas, Gus, Os gêmeos), mas as coisas estão começando a ficar mais interessantes em Better Call Saul e o próximo episódio promete ser revelador.

Veja mais sobre Séries e Better Call Saul

Luiz Gabriel
por

Luiz Gabriel

Gamer desde sempre, joga qualquer coisa sendo de esportes até o casual FPS. Também gosta de filmes e séries - principalmente Game of Thrones e Breaking Bad.

Recomendamos para você