BETTER CALL SAUL | Crítica do episódio “Expenses” – S03E07!

-por , em 28/05 -
BETTER CALL SAUL | Crítica do episódio “Expenses” – S03E07!

BETTER CALL SAUL CONTINUA EVOLUINDO DE UMA FORMA ESPETACULAR!

Better Call Saul já mostrou praticamente toda a sua trama dessa terceira temporada, tudo o que nós resta agora é alguns poucos retoques que estão deixando a série ainda mais incrível do que ela já é em um pegada mais lenta no melhor estilo Breaking Bad que todos amamos ver.

No episódio dessa semana, vemos toda a barra que Jimmy vem enfrentando desde que foi suspenso por um ano. Em busca de tentar ir em busca de dinheiro o mesmo tem feito trabalho comunitário para ganhar alguns trocados, além de conseguir recuperar bem pouco do dinheiro investido em seus comerciais de televisão.

O mais hilário do episódio é quando Jimmy e sua equipe tem que pegar um ônibus para ir até um dos contratantes porque o carro estragou, e quando chegam lá, os dois ainda dão pra trás. O interessante dessa cena é ver que com todo o poder de convencimento de Saul Goodman (Logo, logo veremos mais dele) ele consegue de uma forma ou de outra gravar o comercial.

Outro ponto que merece ser notado é a grande atuação de Bob Odenkirk. Desde Breaking Bad já somos abençoados com grandes aparições do mesmo, mas nessa temporada de Better Call Saul é que realmente o mesmo tem despertado. A cada episódio é uma nova atuação que chega a nos deixar emocionado (Principalmente a cena final). Após muitas indicações, acho que é a hora de um Emmy para ele.

Esse episódio também mostra uma parte que ainda não vimos de Kim. Atolada de trabalho na Mesa Vierde, é a primeira vez que ela discute com uma de suas chefes, um comportamento um pouco estranho para essa personagem que desde a primeira temporada vem se mostrando centrada e focada em seu trabalho. O que está acontecendo com Kim?

Continuando com a trama dos Salamanca, vemos Nacho focando de vez em seu plano para derrubar Hector. Indo até Daniel Wormald que faz seu retorno a série, Nacho pede as pílulas de Hector antes delas serem celadas, provavelmente irá colocar alguma coisa ali dentro. Mike se envolve na troca e dá inclusive algumas dicas de como não ser pego por todos esse cartel de drogas poderoso.

Falando em Mike, foi bacana ver ele tendo uma aproximação com Anita, uma das pessoas que frequentam a igreja de sua nora. Os dois se deram muito bem e há muito o que ser explorado nessa até o momento pequena conversa entre os dois. Outro ponto que chama a atenção, é a doação de Mike para a igreja, botando a mão na massa, arrumando a pracinha para as crianças, mostrando seu lado humano que não vimos muito em Breaking Bad.

Falando de termos técnicos, Thomas Schnauz é o responsável pela direção e roteiro de “Expenses“. Assim como em “Sabrosito“, o diretor mostra todos os seus trejeitos com planos bem parecidos com os de Vince Gilligan. A cena de abertura é incrível e todas as aparições de Mike também. A direção e o roteiro são os pontos fortes da série, ninguém bate Better Call Saul nesse quesito.

Enfim, “Expenses” nos mostra algo muito interessante, a batalha de alguém (Jimmy) em busca de dinheiro em meio a muitas contas para se pagar. Um episódio em si bastante emocionante que mexe com qualquer um em grande parte por toda a história ao seu redor. Ao fim, vemos que Jimmy ainda tem planos contra seu irmão e o deixa bem ferrado de certa forma com a Companhia de Seguros. O que sera que está prestes a acontecer com Chuck? O próximo promete muito mais do que estamos acostumados, a evolução de Better Call Saul não para!

Veja mais sobre Séries

Luiz Gabriel
por

Luiz Gabriel

Gamer desde sempre, joga qualquer coisa sendo de esportes até o casual FPS. Também gosta de filmes e séries - principalmente Game of Thrones e Breaking Bad.

Recomendamos para você