MAIS UMA SEMANA, MAIS UM EPISÓDIO INCRÍVEL DE BETTER CALL SAUL!

Após começar a construir a trama principal da nova temporada nos últimos três episódios, Better Call Saul retorna essa semana com um episódio mais lento, mas que avança as respectivas tramas de personagens e começa uma guerra que todos estão ansiosos para conhecer.

Sabrosito” começa incrível. Don Eladio (Steven Bauer) faz seu retorno ao universo Breaking Bad/Better Call Saul, em um mergulho dentro uma piscina de uma das melhores formas que uma cena como essa poderia ser dirigida, lembrando muito de sua última cena em Breaking Bad. O retorno de Eladio vem em um momento importante para a série e serve para esquentar os animos entre Hector Salamanca e Gus Fring.

Uma guerra entre os dois está prestes a começar, já que Gus está fazendo o maior sucesso com seu novo sistema implantado dentro da Los Pollos Hermanos, enquanto Hector não está nem com a metade dos lucros do concorrente. É interessante ver como o personagem teme pela perde de seu território e vai até o estabelecimento da Los Pollos Hermanos falar com Gus, expulsando todos os clientes e criando uma confusão. O Gus que a gente não conhece não vai deixar barato isso. O mais incrível de tudo isso, é como Gus consegue se livrar de qualquer suspeita com um simples discurso motivacional para seus funcionários. O cara é o melhor vilão da TV.

A guerra entre os dois está começando e da maneira Breaking Bad de fazer as coisas, a cada semana um avanço na trama. Mike com toda a certeza será um dos grandes envolvidos nessa guerra, podendo inclusive começar a trabalhar para Gus durante a batalha entre os dois, conforme vimos no final do episódio na conversa entre os dois, que mostra ainda uma tensão maior do que pensamos entre Gus e Hector.

Enquanto fomos apresentados de forma oficial a um novo rumo da série, em mais da metade do episódio chegamos a trama principal, onde vimos Jimmy e Chuck se encarando pela primeira de muitos vezes em uma das audiências entre os dois. Kim está dando tudo de si nesse caso, uma prova disso foi a descoberta da empresa contratada por Chuck para concertar a porta de sua casa.

Falando nisso, essa cena em que Mike vai concertar a casa de Chuck é hilária e é o que já estamos acostumados com o roteiro desse universo. Dentro da casa, Mike tira inúmeras fotos dos móveis e entrega a Jimmy uma carta suspeita que não foi revelada, não só isso não foi revelado, muito do plano de Kim não teve uma finalização real, o que pode ter deixado muitos confusos. Próximos episódios tudo deve e será explicado com a calma que somente Vince Gilligan tem.

Voltando a audiência, está complicado assistir essa série sem ter um ódio mortal de Chuck. O personagem está realmente chegando ao seu ápice de desenvolvimento, as cenas da audiência com Jimmy deixaram muito gente cheia de ódio.

A direção da série já é algo que eu venho mencionando a muito tempo, e realmente, junto da trama os diferentes tipos de focos e utilização de câmeras vem sendo utilizado de uma forma mestre pela equipe de cinematografia da série. Thomas Schnauz foi o responsável pela direção essa semana e não decepcionou. Schnauz é um velho conhecido dessa universo, já tendo escrito muitos episódios e dirigido “Say My Name“, o episódio 7 da 5ª temporada de Breaking Bad.

O interessante de Thomas, é que o mesmo tem uma semelhança nos seus trejeitos com os de Vince Gilligan. Nesse episódio por exemplo, ele deixa a ação em tela mais centralizada e em um plano sequência, sem cortes ou closes diretos no rosto dos personagens. A conversa entre Gus e Mike no final do “Sabrosito” é um grande exemplo disso.

Enfim, “Sabrosito” traz um ar novo a Better Call Saul. Já estamos quase na metade da temporada, então, esse episódio serve para criar o guia de como será realmente as tramas de cada personagem até a Season Finale. Com mais uma boa direção e roteiro, a história da série volta a avançar de uma forma mais lenta, mas mesmo assim mostra algo que queríamos e estávamos ansiosos para ver e saber mais. A guerra entre Gus e Hector ainda dará bons frutos para a série que deverá focar mais e mais nisso durante as próximas semanas. A terceira temporada de Better Call Saul está se tornando uma das melhores desse universo e quem ganha com isso é os fãs de longa data de Breaking Bad!

Veja mais sobre Séries e Better Call Saul

Compartilhe: