CONFIRA A NOSSA CRÍTICA DE “WITNESS”, EPISÓDIO 2 DA TEMPORADA 3 DE BETTER CALL SAUL!

Após um episódio morno mas que nos introduziu de forma perfeita ao novo ano, Better Call Saul retorna essa semana com um dos melhores episódios da série, expandindo sua trama de uma maneira não esperada e trazendo muitos rostos conhecidos dos fãs de Breaking Bad.

ATENÇÃO! O texto abaixo contém alguns spoilers sobre o episódio e eventos passados da série, cuidado!

O episódio de hoje começou com algo já visto pelos fãs, uma prévia divulgada pela AMC na última semana que confirmou a teoria dos fãs, ao ter o retorno de Francesca, a tão amada por todos assistente de Saul durante a série original. A personagem retorna da melhor maneira possível, sendo a grande comédia do episódio com seus comentários superficiais com os clientes – a ligação com Mike foi hilária.

Em seguida, já somos direcionados a Mike, que está mais do que focado em descobrir quem o estava rastreando. Como vimos no episódio passado, o mesmo colocou rastreador próprio no objeto pêgo pelos comparsas de Gus, o que acabou levando o mesmo a localização dos Los Pollos Hermanos – todos já sabiam o que iria acontecer, mas admito que foi chocante do mesmo jeito.

Como um bom episódio dirigido por Vince Gilligan, a cinematografia foi o grande ponto alto, principalmente a cena que revela o retorno dos Los Pollos Hermanos, onde mesmo todos sabendo onde estava acontecendo a cena, a direção consegue deixar um mistério no ar, com câmera subindo lentamente rumo ao logo do restaurante. A cena das perseguições de Mike também foram muito bem dirigidas, tendo ótimos ângulos de câmeras de acordo com suas respectivas paisagens, que em boa parte continuaram o trabalho de luz natural do ambiente, o toque de Breaking Bad que já conhecemos.

Ainda falando nos Los Pollos Hermanos, Mike teve uma ajuda de Jimmy para saber mais do restaurante e o porque do uso dos rastreadores, ainda ficamos sabendo do ódio de Jimmy por molho extra nos Pollos Classics. As cenas no restaurante ainda mostraram o tão aguardado retorno de Gus Fring e o inesperado retorno de Victor.

O final do episódio se encaminhou para duas grandes curiosidades que só aumentam as expectativas para essa temporada. Na trama de Jimmy, vimos Ernesto revelando para Kim que Chuck gravou a confissão de Jimmy na Season Finale passada. Mesmo com Kim o ajudando e montando uma defesa para um futuro processo, em um momento de raiva James acabou por cavar a sua própria cova.

Na história de Mike, vimos o quão inteligente Gus é, já que vimos o conhecimento dele sobre a vigia de Mike nos últimos dias em frente ao Los Pollos Hermanos. A cena final deixa todos curiosos, até porque o que será que eles conversaram na ligação?

Enfim, “Witness” traz o ritmo que conhecemos e queremos em Better Call Saul. O episódio concretiza o retorno de rostos conhecidos e expande de vez a sua trama, que a partir do próximo episódio irá ter novos elementos graças aos eventos que aconteceram aqui. A minha torcida e a de muitos outros fãs é que Vince Gilligan retorne na direção para mais um show de direção e cinematografia, que nesse momento não nos surpreende mais.

Witness” já está disponível no catálogo da Netflix!

Veja mais sobre Séries e Better Call Saul

Compartilhe: