Semana passada, a Warner Bros anunciou o novo jogo da série Batman Arkham para o dia 25 de outubro deste ano. Com o nome de Batman Arkham Origins, ele será um prelúdio dos outros dois jogos da série. Ele se passará no começo da carreira do homem-morcego como um vigilante de Gotham.  Ele não será o herói super infalível que nós estamos familiarizados. Como ele estará no começo de sua carreira, ele cometerá erros e terá maiores dificuldades.

 

MASCARA-NEGRA

 

O vilão principal do jogo será o Máscara Negra, um dos chefes da máfia de Gotham. Ele coloca um preço na cabeça do homem-morcego e o nosso herói se vê caçado tanto pelos vilões da cidade, quanto por policiais corruptos. Esse é o terceiro jogo da série Batman Arkham e é o primeiro que será produzido pelo estúdio da Warner Bros Montreal. Os primeiros dois, Arkham Asylum (2009) e Arkham City(2011), foram produzidos pela Rocksteady e são jogos muito bem conceituados. Apesar da mudança de estúdio, eles usarão o mesmo motor de jogo (Unreal Engine).

 

ASYLUM

 

O primeiro jogo da série, Arkham Asylum, foi lançado em Agosto de 2009 para Playstation 3 e Xbox 360. O jogo foi tão bom que recebeu, no ano seguinte, um “Game of the Year Edition”. Nele, você controla o Batman no Arkham Asylum, uma instituição carcerária onde os maiores e mais perigosos vilões de Gotham são mantidos. Enquanto o Batman está lá, o Coringa acaba se soltando e organizando uma rebelião entre os presidiários do asilo.

 

Preso na ilha (sim, o Arkham Asylum é em uma ilha), Batman tem que enfrentar vários capangas, além de muitos de seus grandes vilões (Killer Croc, Poison Ivy, Bane) para restaurar a ordem. É extremamente fácil morrer no jogo, então você precisa ser inteligente e enfrentar os inimigos usando suas geringonças tecnológicas, ou mantendo-se nas sombras e atacando os inimigos sem ser percebido. Partir para enfrenta-los de frente não é uma boa ideia.

 

CITY

 

Já o segundo jogo da série, Arkham City, se passa, como o nome já sugere, na cidade de Arkham, que nada mais é que uma versão expandida do asilo, feita para simular um cidade, onde os prisioneiros ficam “presos” . Ainda não joguei esse jogo, mas, pelo que eu entendi, a proposta foi pegar o que funcionou muito bem no primeiro e aumentar. Tornar tudo maior, melhor e mais difícil.

 

Os gráficos e o clima continuam tão sombrios quanto o primeiro. Mas a cidade é infinitamente maior que o asilo e o jogo tem um estilo mais “mundo aberto”, em que você pode explorar e buscar pistas para solucionar o “Protocolo 10”. Eu dei uma lida rápida na história do jogo e vou adiantar que parece ser uma perseguição de gato e rato bem louca, envolvendo vários vilões emblemáticos do homem-morcego (Two-Face, Mr. Freeze, Penguin, Joker). Não vou falar mais, para não dar spoilers.

 

BATMAN

 

O objetivo do Origins é expandir ainda mais. O mapa do mundo do novo jogo será ainda maior do que o já consideravelmente grande no City. Tanto que o jogador terá a opção de usar o Batwing para fazer longas viagens rápidas no cenário. Ele continuará usando mecânicas de furtividade, obrigando os jogadores a usarem a cabeça e não abordarem os inimigos frente-a-frente.

 

O novo jogo terá versões para PS3, X360, WII U e PC. Enquanto o novo jogo não chega, eu vou me apressar para jogar o Batman Arkham City.

 

Perfil Bruno

Bruno Machado

Quem mais está ansioso para o jogo do homem-morcego?
Facebook