Dicas para aquecer seu pet no inverno: Gatos!

-por , em 15/08 -
Dicas para aquecer seu pet no inverno: Gatos!

Ontem postamos aqui algumas dicas sobre como manter seu cãozinho aquecido no inverno e parece que o pessoal curtiu! Então hoje vamos falar de gatinhos, porque somos democráticos e sabemos que quase todo mundo curte um fofo felino! Os gatos são diferentes dos cachorros, eles possuem uma personalidade mais acentuada, digamos assim, rsss. Os cachorros se deixam levar mais facilmente pelos gostos esquisitos de seus donos, por isso, acho que, nesse caso de proteção, fica até mais simples de cuidar de um gatinho, porque ele já te mostra o que curte e o que não curte de uma vez por todas. Vejam algumas dicas bem legais que encontramos sobre como cuidar dos bichanos no inverno!

Roupinhas: Não rola! Eles detestam qualquer tipo de roupinha, a não ser que seja um gatinho muito específico e bem humorado, rsss. Diferente dos cachorros que tentam arrancar de todas as formas, a maioria dos gatinhos fica triste e até deixa de comer as vezes, tipo greve de fome mesmo, até que seus donos tomem tento e retirem a roupa.

Ninhos e casinhas: É importante você manter, em sua casa, um lugar que seja do gatinho. Pode ser um edredom emboladinho, um iglu ou até mesmo uma colcha ou toalha bem grossa. Eles podem sofrer demais de frio e, bom, como são muito independentes, costumam ir sozinhos ao lugar certo para ficarem aquecidos. Se você tiver dois ou mais gatinhos, pode reparar, eles costumam dormir juntinhos para ficarem aquecidos. Bem legal isso!

Os gatinhos idosos e bebês: Exatamente como acontece com os cachorros, os gatinhos também precisam de ajuda nos momentos extremos de suas vidas. Por isso, indicamos mesmo que procurem o veterinário para uma recomendação mais direta. Acredite, é fundamental ter essa atenção dobrada com os que mais precisam.

Escovações: Escove os pelos dos gatinhos pelo menos três vezes por semana, na estação de frio, eles tendem a se lamber mais e acabam engolindo muitos pelos. Esses pelos formam bolos em seus estômagos e, se for demais para eles suportar, podem acabar tendo constipação intestinal. Fiquem bem ligadinhos, seu pet vai agradecer demais! 😉

Cris Siqueira
por

Cris Siqueira

Nerd, administradora, RPGista, apaixonada por gastronomia, curiosa sobre todos os assuntos e acha que Darth Vader é Deus. Gasta seus “bons tempos” escrevendo, lendo, vendo seriados e viajando. Reza todos os dias para tirar sempre 20 nos dados e nunca morrer no meio de uma batalha!

Recomendamos para você