COMO SERIA UMA FUSÃO ENTRE A DISNEY E A APPLE?

Fusões não são coisas comuns de se verem nos negócios mundiais atualmente, mas raramente duas gigantes do tamanho da Apple ou Disney acabam entrando em conversas desse tipo. Mais raro que isso é a possibilidade ou a oportunidade para empresas desse tamanho se juntarem, mas os últimos rumores que estão circulando em Hollywood dizem que isso está prestes a acontecer.

Segundo informações do respeitado Variety, a Apple estaria interessada em fazer uma oferta de US$ 200 bilhões para comprar a Disney, uma das gigantes no mundo pop com filmes, séries e muitas outras mídias. Caso o rumor se concretize, uma empresa formada por essas duas iria ter o valor de mais ou menos US$ 1 trilhão, além de ter praticamente oportunidades em conteúdo e tecnologia ilimitadas.

Recentemente, investidores tem aumentado suas expectativas que a Apple pode seriamente considerar uma possível compra da Disney. Conteúdo é o maior foco da Apple, o tamanho do alvo não é um problema. Nós gostamos dos fundamentos da Disney. Presumindo que Apple veja da mesma maneira e tenha o dinheiro, o antecipamento de investidores de uma perspectiva financeira apenas adicionam mais convicção para o momentum que vemos a Disney nas ações.” – Diz uma nota a imprensa dos analistas Steven Cahall e Leo Kulp.

Essa combinação daria a Apple acesso a enorme riqueza de conteúdo da Disney, incluindo seus personagens originais, live-action remakes, além das divisões da Marvel e do Universo Star Wars. Isso iria ainda permitir que a Apple se envolve-se no império de Parques Temáticos da gigante, assim como os canais de televisão da Casa do Mickey, ESPN e ABC.

É bom lembrar, que rumores indicavam nos últimos meses que a Disney estava preparando uma oferta de compra da Netflix, que pode se tornar uma possibilidade agora com a possível compra da empresa no momento.

No entanto, há muitos fatores “se” nesse atual momento, já que a Apple precisaria conquistar acionistas para um grande movimento desses, e precisaria de uma taxa de imposto de mais ou menos 9%. Por enquanto, isso é apenas uma possibilidade, mas caso aconteça irá com toda a certeza impactar a mídia de uma maneira gigantesca.

Um fato que deixa mais verdadeiro esse interesse é a quase compra da Warner pela própria Apple no último ano. A oferta iria ser US$ 85 milhões mas no último momento foi retirada pela gigante da tecnologia.

Veja mais sobre Tecnologia e Disney