O amor é cego, e a sua opinião sobre ele deve ser também!

-por , em 27/06 -
O amor é cego, e a sua opinião sobre ele deve ser também!

Quando se fala em AMOR, ainda mais no titulo de alguma coisa, as pessoas tendem a pensar: xiii… lá vem coisa piegas e bonitinha! Bem, não tem como se falar de amor sem ser um pouco piegas, eu admito! Mas é uma coisa importante sobre a qual se falar, pois o mundo anda carente dele ultimamente, tanto quanto anda carente de outra coisa muito importante: TOLERÂNCIA. Nos dias de hoje as pessoas são rápidas em julgar aparências, mas será que isso deveria se aplicar ao amor?

O amor existe em vários formatos e tamanhos. Materno, paterno, fraterno, familiar, romântico, entre amigos… O que importa, na minha opinião, é o sentimento em si e não de onde ele vem! Por isso, quando me deparei com esse vídeo, que está virando um viral na rede, eu quis compartilhar com vocês e falar um pouquinho a respeito. Afinal, com um grande Raio-X e pessoas com boa vontade de expor seu amor em público, eles conseguiram mostrar que o que importa está por dentro! Se você olhar o esqueleto, você não pode ver o que há por fora, coisa que realmente não importa! Mas antes de continuar, vamos ver o vídeo:

Não vou mentir, curti demais a mensagem. Eu, particularmente, não me importo se o amor está sendo compartilhado entre etnias diferentes, idades diferentes, mesmo sexo, religiões diferentes. Então, achei a mensagem válida! Eu sei que alguns vão me criticar, mas eu com esses pratico a tolerância. Eu respeito quem não aceita alguns tipos de amor, mas sou contra a intolerância! Você tem o direito de não gostar, mas não tem o direito de condenar. Fique no seu canto e deixe o mundo se amar, ok? Mal não vai fazer, muito pelo contrário! O amor não tem gênero. O amor não tem raça. O amor não tem deficiência. O amor não tem idade. Vamos olhar o que há por dentro, o sentimento, e deixar as pessoas serem felizes, ok? 😉

Luciana Fogo
por

Luciana Fogo

Chocólatra assumida, sou também uma viciada em livros e totalmente capaz de virar a noite com uma boa história! Mas o meu maior amor é ter INFORMAÇÃO! Pergunte que eu descubro!

Recomendamos para você