Escolha uma Página

O Assassinato de Gianni Versace

Conheça American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace 

Crimes recheados de intrigas são, certamente, um dos assuntos preferidos do público. Quem não gosta de sentir aquele frio na barriga a medida que a solução do caso vai surgindo? O elemento surpresa presente em produções policiais é o responsável por boa parte do sucesso que fazem, mas embora fundamental, não é obrigatório. Assim, vinte anos após sua morte, o estilista Gianni Versace teve sua história adaptada para uma série. E American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace certamente soube prender seu público até o final.

Conhecida pela primeira temporada, onde conhecemos mais sobre O. J. Simpson, American Crime Story retrata crimes icônicos na história norte-americana. Inegavelmente após o sucesso dos primeiros episódios, seus diretores precisariam de algo ainda melhor. E nada como trazer à tona um dos assassinatos mais comentados no mundo da moda. Em 15 de julho de 1997, a Versace perdia seu criador.

A série

A história por trás de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace pode ser toda vista na internet. Basta digitar algumas palavras na busca para termos acesso a todos os nomes dos personagens citados na série. Estamos falando afinal, de um crime que chocou o mundo inteiro. Contudo, nada se compara a ver as palavras transformadas em cenas brilhantes, interpretadas por um ótimo elenco.

Com a chegada das premiações no início do ano, American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace ganhou um merecido destaque. Por mais que traga a trama por trás da morte do etilista, é a atuação de seu assassino que dá vida ao show. Darren Criss certamente mereceu todas as indicações e prêmios que recebeu por interpretar Andrew Cunanan.

O famoso serial killer já estava na lista dos mais procurados quando cometeu seu crime mais emblemático. Antes de Versace, outros quatro homens perderam a vida pelas mãos do psicopata. E os conhecemos ao longo da série.

 

Andrew

Apesar da vítima em questão ser o famoso estilista italiano, ele está longe de ser o protagonista. Conforme a história avança, percebemos ser fundamental entender a visão e os pensamentos de Andrew. A maneira como a série foi desenvolvida, separando as vítimas por episódio, dá ao público um ponto de vista não midiático. Entramos na mente do assassino, indo muito mais além de apenas ler informações em um papel.

Conhecemos o desfecho de vida de Versace logo no primeiro episódio, que serve como uma introdução ao que está por vir. Seguindo uma ordem cronológica inversa, a série se inicia pelo último crime de Cunanan. A partir daí o enredo nos leva para anos antes, quando ele era ainda um menino visionário. Apesar da pouca idade, Andrew nunca escondeu seus interesses e é até mesmo possível perceber a ambição nos olhares de Darren Criss.

Darren Criss

Através de uma atuação impecável, o ator rouba toda a atenção para si. Quando pensamos no jovem Blaine de Glee, nos enche de orgulho ver o quanto Criss amadureceu. Enquanto tínhamos um personagem quase que secundário na série adolescente, em Gianni Versace temos um vencedor do Globo de Ouro.

Andrew Cunanan não é apenas um assassino. Andrew é um jovem gay, filho de um imigrante filipino, cuja família nunca lhe deu suporte o suficiente. Os traços narcisistas e psicopatas sempre estiveram ali, mas a ausência de uma presença forte dentro de casa o impediu de ser ajudado a tempo.

Criss protagoniza as melhores cenas de American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace. Ao lago de seus colegas de elenco, cujas vidas dos personagens foram ceifada por Andrew, ele dá um verdadeiro show a parte. Até mesmo quando está sozinho, ele expressa brilhantemente os trejeitos lunáticos de Cunanan.

O Elenco

Todos sabemos que não apenas com um único bom protagonista se faz uma produção de qualidade. Apesar da performance emblemática de Darren Criss, outros nomes ajudam a dar vida a história por trás do assassinato de Versace.

Primeiramente, falemos da família Versace. Mesmo que não apareça tanto como imaginávamos, Édgar Ramirez entrega um ótimo Gianni Versace. Sua irmã Donatella é interpretada brilhantemente por Penélope Cruz, peça fundamental para a produção da série. O cantor porto riquenho Ricky Martin vive Antonio D’Amico, companheiro e grande amor da vida do estilista italiano.

Por fim, temos acesso a vida e as histórias das vítimas de Andrew. Finn Wittrock interpreta Jeff Trail, melhor amigo de Cunanan e um militar homossexual, forçado a esconder quem é. Cody Fern vive David Madson, o grande amor da vida de Andrew. Mike Farrell é Lee Miglin, um magnata norte-americano que cometeu o erro de se encantar por Andrew. Sua esposa Marylin é interpretada por Judith Light.

APROVEITE PARA CONHECER NOSSO CANAL DO YOUTUBE:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ: