Olá, pessoas! Eu sei que estou meio atrasada, mas, já que descobri hoje, por que não falar?! De repente, existem mais pessoas que não conhecem. E eis que eu vou apresentar. O artista Alexandre Nero. Ok… Vocês vão me dizer: “Moça, eu conheço este ator! Trabalha nas novelas da Globo, fez pontas no programa da Fernanda Lima, Amor & Sexo, entre outras coisas…” e eu respondo: eu sei, pessoas… Mas o meu post é dedicado a apresentar as outras facetas de artista que ele possui. Bora lá descobrir?!

Domingo, o humor não muito bom, estou perdendo meu tempo no Facebook, quando me deparo com uma matéria: 10 famosos atores brasileiros que também são cantores da UOL, clico, e penso: não estou fazendo nada, mesmo, por que, não? Vou ver os 10. Uns gostei mais, outros, não gostei, mas de repente me deparo com Filosofando de Alexandre Nero, e coloquei para tocar, e ouvi, e gostei. Pessoas, que pedacinho de felicidade, alegria e natureza em poucos minutos, que me encantou por completo! Admito estar apaixonada por esta música!

Não me fiz de rogada, claro e fui pesquisar! Admito, não sou fã de televisão e nem de novelas, logo, pouco conheço sobre os atores e atrizes e/ou celebridades que transitam por este meio, mas, para a minha surpresa, e diga-se de passagem, muito boa, descobri que Alexandre Nero, não é só ator, ator, mas também é cantor, compositor, músico, arranjador e sonoplasta, além de diretor, atuou em teatro (bom, isso já se era de esperar) e passou a ser mais reconhecido, depois de interpretar Vanderlei na novela, A Favorita.

Como ator e música, já tem cerca de 50 trabalhos, divididos em espetáculos musicais, teatro, cinema, televisão e dança, criou a Associação dos Compositores da Cidade de Curitiba, sua terra natal, já esteve à frente da banda Maquinaíma, grupo que ficou famoso no cenário curitibano, tem 3 álbuns solos,  Camaleão de 1995, Maquinaíma de 2001 e Vendo amor de 2011, e mais outros 5 em grupo. Além de fazer algumas trilhas sonoras, também!

Foi uma grata surpresa para esse domingo, ainda mais porque, estou admirada com a qualidade das músicas dele, e espero que vocês tenham gostado da dica, porque, olhem!!! Curtindo demais as músicas, inclusive, colocarei algumas aqui para vocês, pessoas!!! Beijos e até mais!!! 😉

Alexandre Nero – Acho

Regravação da música que ficou famosa nas vozes de Leandro e Leonardo, Não aprendi dizer Adeus. Interpretação muito boa!

Alexandre Nero – Lave, leve, love

Alexandre Nero – Cadê meu jardim?

Alexandre Nero – Ontem (quando uma criança era uma criança)

É pessoas, poderia ficar até amanhã postando as músicas aqui, carregadas de um quêzinho de lirismo, poesia, literatura. Inteligentes que nos fazem sentir e pensar. Espero que gostem!!!

Compartilhe: