Creio que Agents of S.H.I.E.L.D. tenha chegado à sua metade e ainda temos algumas perguntas. Por exemplo, a que veio a série afinal? Será uma extensão do Mundo Marvel, terá conexão com as histórias dos super-heróis ou tratará de suas histórias paralelas à la Arquivo X. Na verdade tem sido de tudo isso um pouco e acho que é isso mesmo que vamos ter que aceitar: a série tem histórias paralelas e eventualmente haverá alguma ligação com o mundo dos quadrinhos e mais recentemente, do cinema.

ATENÇÃO: O TEXTO ABAIXO CONTÉM SPOILERS

Começamos com mais uma história com um toque de bizarrice: uma cidadezinha de Utah começa a presenciar eventos estranhos como um acidente em um laboratório de pesquisa e a explosão de um posto de gasolina. Ambos os acontecimentos trágicos tem algo em comum: a suposta causa é Hannah Hutchins, uma jovem que gerenciava o centro de pesquisa que explodiu assim como estava no posto no momento dos “acidentes” e que acredita-se que tenha poderes de telecinese. A equipe de Coulson vai investigar e chega no momento que que Hannah está sendo cercada pela polícia e hostilizada pela população da cidade que acredita que ela tenha causado as mortes nos acidentes e que ela seja uma aberração,  já que pessoas se machucam (e morrem) aparentemente quando ela está sob ameaça – porém ela não entende o porquê isso acontece e acredita que esteja sendo punida por Deus.

repairs

Hannah é levada para o avião após ser ~gentilmente~ sedada por May. É aí então que entendemos que a personagem da vez a ter sua vida revirada em um episódio é ela, a famosa Cavalaria. Nem estou mencionando o fato de que o episódio começa onde terminou o último, ou seja, com Ward saindo enrolado na toalha no quarto dela – lembremos que eles passaram a noite juntos após os acontecimentos de The Well. Skye começa a contestar os métodos de May, sua aparente frieza e suposta falta de humanidade ao achar que ela não é a pessoa mais indicada para falar com Hannah que está abalada com as tragédias que vem acontecendo ao seu redor.

Como já é de praxe, após algumas pesquisas feitas por Fitz-Simmons (que decidem que precisam aplicar um trote em Skye por ela ser a novata do grupo) a equipe começa a entender o que se passa: o que Hannah acredita ser demônios causando todas as mortes atribuídas a ela, na verdade é um dos técnicos do laboratório que morreu na explosão mas ainda se transporta entre os mundos e vira um fantasma que protege Hannah de diversas ameaças, mas acaba matando mais gente. Enquanto todos lutam para encontrar Tobias, o funcionário fantasma, outros aspectos sobre May começam a ser revelados, como a origem do apelido “A Cavalaria”. Fitz-Simmons enfeitam a história ao contá-la para Skye como parte do trote, Ward diminui a versão dos nerds mas dá ênfase à coragem da agente (talvez com um pouco de sentimentalismo vindo da noite juntos) mas quem chega mais perto da versão verdadeira é Coulson, que diz que o episódio que ocorreu anos atrás no qual ela derrotou perigosos inimigos sozinha para salvar outros agentes a transformou para sempre. A descrição que Coulson dá de May a faz idêntica a… Skye! E a partir daí a ex-hacker começa a parar de implicar um pouco com A Cavalaria e passa até a admirá-la um pouquinho – afinal não se sabe se ela mesma não poderá um dia passar por algum evento marcante que a possa mudar para sempre.

jpeg

May no fim acaba tomando para si o problema e o resolvendo de certa forma sozinha, confrontando Tobias e pedindo para que ele deixe Hannah em paz para que ele possa também ter paz em seu descanso eterno. Todos chegam no momento em que Tobias e Hannah, ainda em choque, estão se despedindo e mais uma vez ninguém duvida da capacidade e eficácia de Melinda May. E nós ainda tentando entender o que afinal aconteceu, mas creio que vá levar algum tempo até que seja revelado.

No geral foi um episódio com um roteiro um tanto quanto fraco, na minha opinião. Apesar de um caso interessante, mais uma vez faltou um algo a mais e eu pelo menos entendo que realmente não vai ter um foco específico. De qualquer forma, a história da Centopeia deve ser reativada nos próximos episódios e saberemos afinal se a S.H.I.E.L.D. terá enfim um grande inimigo ou inimigos esporádicos. A aguardar as próximas emoções – ou não.

Coulson vai dar uma folguinha pros agentes que voltam daqui duas semanas. Mas ele liberou um trailer maroto pra vocês:

Compartilhe: