Eu costumo ir muito ao cinema e nos últimos dois, três anos mais ou menos tenho notado uma coisa muito triste pra mim: uma escassez descarada de filmes legendados. Pois é, se antes praticamente só os desenhos animados tinham a opção da versão dublada, agora todo filme que estreia é lançado com as falas em português. Encontrar a opção de legendas ficou um pouco mais difícil.

E não é apenas isso: quem tem TV a cabo pode notar que muitas séries antigas passaram a ser exibidas com dublagem como primeira opção. Ainda que as que estrearam alguns anos antes tem a opção de configurar as legendas, porque algumas novas séries estão estreando já dubladas. Algumas sequer oferecem a versão legendada. O mesmo tem acontecido em alguns canais de filmes.

Quero deixar claro que não odeio a dublagem, não quero que ela seja extinta ou proibida. A dublagem brasileira é considerada uma das melhores do mundo, tem ótimos atores e muita gente de fato prefere.  Desenhos animados eu também prefiro, assim como que a maioria acredito eu, assistir na versão dublada. Mas peraí: o que levou afinal os cinemas e as TVs por assinatura adotarem um medida tão radical de praticamente acabar com os legendados e só oferecer os dublados? Deixar tão poucas opções de horários, salas e espaços para exibição dos filmes no cinema em seu áudio original? E os canais que sempre exibiram seus seriados e filmes legendados de uma hora para outra começar a dublar e algumas vezes sequer dar a opção da legenda?

Vou dizer porque prefiro legendado: porque gosto do áudio original, das falas originais, do contexto original. Um filme/série dublado pra mim me soa falso. Ponto. É a minha opinião apenas, pessoal e intransferível.

Li em alguma coluna há algum tempo que os cinemas começaram a perceber que havia uma preferência da maioria do público pelo filme dublado porque “muita gente não gosta de assistir e ler ao mesmo tempo”. Honestamente, não acredito que seja assim uma tarefa tão difícil, mas tudo bem, de fato tem quem odeie mesmo, que prefere do jeito simples. Mas e a galera que não curte, que abomina, que não suporta filme dublado (que durante a minha vida toda eu sempre acreditei que fosse a maioria que não conhecia muita gente que preferia algo dublado)? Nós não podemos ter nossos anseios atendidos da mesma forma do time que gosta do dublado?

basta de filmes dublados

Eu acredito que todos os meios de entretenimento que não oferecem opções para todos não está cumprindo seu papel fundamental – no caso entreter, óbvio – para todos como deveria ser. Entendo que tem quem prefira dublado. Entendo que temos ótimos dubladores. Entendo que pelo ponto de vista dos cinemas, canais e etc, esta é uma forma de “popularizar” o conteúdo de filmes, séries e etc. Mas e como ficam pessoas como eu por exemplo, que esses dias fui tentar assistir “Os Infiltrados” em um canal pago e só tinha a opção dublada? Já assisti ao filme umas trezentas vezes? Sim. TODAS legendadas, porque é assim que gosto. Muita gente gosta. Por que então você vai agradar um tipo de público em detrimento de outro? Nem Jesus agradou a todos, eles dirão. Mas em algumas coisas, com um pouquinho de boa vontade, dá pra agradar todo mundo sim. Basta querer.

POST ORIGINALMENTE ESCRITO PELA COLABORADORA THAIS CRUVINEL.