“É melhor ter amado e perdido do que nunca ter amado.” CHARLIE BROWN(não é o Jr.) ou mais conhecido na minha infância como “MINDUIM” foi o protagonista de uma grande marco na minha noite de halloween nos dias 31 de outubro e logicamente não poderia ficar de fora dessa linha de posts temáticos do coxinha. Vamos relembrar? Pegue sua mantinha e vamos escrever para a grande abóbora.

Bla, bla, bla histórico rápido para quem ainda não conhece, Peanuts a série aonde o garoto muito ingênuo(e cá entre nós um pouco depre) mostra sua vida com seus amiguinhos. Criada por Charles Schulz em 1950, começou com algumas tirinhas em jornais e logo se tornou algo maior alcançando o carinho das crianças com a série animada.

Já é de costume de muitas animações fazerem especiais de Halloween e nosso amiguinho Charlie Brown não poderia ficar de fora não é mesmo? Nosso saudosos especial foi chamado de “É a grande abóbora, Charlie Brown“(ou em Inglês: “It’s the Great Pumpkin, Charlie Brown

charlie brown halloween

O Episódio conta a história a partir do momento que o Linus escreve uma carta a grande abóbora na época do halloween e como a turma do Charlie é muito legal(principalmente a Lucia) começa a praticar o que na época não era ainda chamado de Bullying. Logo chega o Halloween enquanto ele espera a Grande Abóbora todos vão rua pedir doces.

Vale dizer que esse é um dos desenhos que mais ficou na minha memória saudosista(e de muitas pessoas por aí) pelo seu alto nível de referências como as fantasias dos personagens e também o momento memorável  no qual o Snoopy se imagina como “o Ás Voador da Primeira Guerra Mundial” o que faz você demorar absurdos para esquecer essa cena(Será mesmo que alguém já quis esquece-la?). Outra parte inesquecível é que durante o episódio inteiro nosso querido amiguinho semi-careca recebe apensas pedras no lugar de doces( #Xatidão) e pra fechar com chave de ouro temos a super festinha das crianças com nosso amigão Schroeder detonando no piano(tinha que citar isso).

abobora charlie brown

De qualquer modo, acho que todos que tiveram sua infância nos anos 80/90 e alguns curiosos do início dos anos 2000 com certeza já assistiram e me acompanharam nessa viagem nostálgica e, caso você nunca tenha visto o especial não fique desesperado Titio Heavy já cuidou de tudo e achou um link pra você assistir e ficar lotado de nostalgia, só clicar AQUI.

Aproveitem o dia de todos os santos!

Compartilhe: