Pode parecer perseguição da minha parte mas, toda vez que anunciam alguma produção brasileira, tenho a impressão de que meio mundo já começa a falar mal – antes mesmo de ver qualquer coisa mais aprofundada no tema… Síndrome de terceiro mundo? De colonizado? Não sei como isso funciona na mente de vocês, mas chega uma hora que, simplesmente, dá no saco! Assim está acontecendo com 3%, nova série brasileira para a Netflix!

A produção chega ao serviço de streaming em 25 de novembro. Confira o primeiro teaser, uma imagem do grupo de protagonistas e do personagem Rafael (Rodolfo Valente)! Vamos valorizar o produto nacional, se ele ainda não está totalmente do seu agrado, incentive para melhorar – é o melhor caminho!

Rafael é um cara egocêntrico, egoísta e sarcástico, esconde seus mistérios e acredita que os fins justificam os meios.“Ele tem seus ideais, sua utopia”, diz Rodolfo Valente.

3% se passa num mundo distópico, depois de diversas crises que deixaram o planeta devastado. Num lugar não especificado do Brasil, a maior parte da população sobrevivente mora no Continente, um lugar miserável, decadente, onde falta tudo: água, comida, energia.

Aos 20 anos de idade, todo cidadão tem direito de participar do Processo, uma seleção que oferece a única chance de passar para o Mar Alto, onde tudo é abundante e há oportunidades de uma vida digna.

Mas somente 3% dos candidatos são aprovados no Processo, que testa os limites dos participantes em provas físicas e psicológicas e os coloca diante de dilemas morais. Morar em Mar Alto, no entanto, não é o objetivo de todos os candidatos: alguns têm outros planos.

A série, criada por Pedro Aguilera, ganhou um piloto lançado no YouTube em 2011. Para a Netflix, 3% foi produzida pela Boutique Filmes. A série, estrelada por João Miguel e Bianca Comparato, foi rodada em São Paulo. Sua estreia será dia 25 de novembro de 2016.

Leia mais sobre Netflix