Geralmente, os inventores brasileiros não tem tanto incentivo do governo para patentear suas criações como os inventores estrangeiros. Os valores de patentes e registros de marcas aqui são bem altos, o que torna o processo meio que intangível para muitos brasileiros. Veja algumas invenções 100% made in Brasil que acabaram fazendo muito sucesso até mesmo em outros países.

BINA

bina

Nélio José Nicolai é um eletrotécnico brasileiro de Belo Horizonte que inventou esse aparelhinho capaz de identificar as chamadas. Chegou a ganhar R$ 25 mil com a patente. Disputa na Justiça brasileira royalties de R$ 4 bilhões por mês.

PAPEL DE FOTOGRAFIA

wessel

Ele é cada vez menos usado, mas continua sendo adorado! O papel de fotografia foi inventado por Conrado Wessel, pesquisador e empresário argentino naturalizado brasileiro. Ele patenteou o papel e licenciou sua patente para a Kodac Brasil. Ficou milionário.

URNA ELETRÔNICA

urna eletronica

O inventor da “Urna Eletrônica” foi um juiz eleitoral de Santa Catarina chamado Carlos Prudêncio. Contando com a ajuda de seu irmão, um empresário da área de informática, testou a máquina pela primeira vez, como fase de experimento, nas eleições de 1989.

ESCORREDOR DE ARROZ

arroz

Agradeça à Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich por esse utensílio que não pode faltar nas cozinhas. A cirurgiã-dentista montou um protótipo em papel de alumínio e, junto com seu marido, apresentou a invenção ao dono da Trol S/A em 1959.

WALKMAN

walkman

O pai de todos os ipods foi inventado pelo brasileiro Andreas Pavel em 1972. Ele só ganhou dinheiro depois de entrar com ações contra a Sony em vários países, conseguindo uma indenização de US$ 10 milhões na época. O dinheiro rendeu, mas infelizmente a reputação da criação não ficou com o brasileiro.

CORAÇÃO ARTIFICIAL

coração

No campo da ciência, também tivemos um destaque importante com a criação do primeiro coração artificial. O engenheiro mecânico Aron de Andrade, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (SP), elaborou essa salvação para os cardíacos em 2000, que é ligado ao coração natural e alimentado por um motor elétrico.

CARTÃO TELEFÔNICO

cartão

Em 1978 o engenheiro Nélson Guilherme Bardini teve a brilhante ideia de criar um cartão telefônico feito de PVC e um circuito elétrico ligado a pequenas superfícies metálicas. Só teve funcionalidade no Brasil a partir 1992, para depois não muito tempo entrar em extinção. Só quem lembra sabe a praticidade que era!

TERÇO ELETRÔNICO

terço

Não é que brasileiro é criativo mesmo? Em 2000 Josué Corrêa de Lacerda criou o “terço eletrônico”, para que assim os fiéis não perdessem a conta durante a oração!

COPO AMERICANO

copo

Esse copinho de vidro que vemos em vários botecos foi inventado pelo designer Nadir Figueiredo no ano de 1947. Apesar do nome, de americano não tem nada: ele só começou a fazer sucesso por ali 10 anos depois.

PAINEL ELETRÔNICO

painel

Essa invenção é ideia de Carlos Eduardo Lamboglia, que criou o painel mais usado em todos os jogos de futebol televisionados. Em 1997 ele patenteou a criação e na Copa da França foi usada em todos os jogos do evento.

Macaco Velho

Compartilhe: